Mídias Sociais

Esporte

Fifa se posiciona em relação a arbitragem de Brasil e Suíça

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

Após toda a repercussão sobre a não utilização do árbitro de vídeo na partida entre Brasil e Suíça, a Fifa resolveu se pronunciar sobre o assunto. A entidade máxima do futebol mundial classificou a atuação do árbitro mexicano Cesar Ramos como positiva e entendeu que ele utilizou o procedimento correto na partida.

O primeiro lance de reclamação por parte da Seleção Brasileira foi no gol de empate da Suíça, marcado por Zuber. Na jogada, o jogador suíço teria empurrado o zagueiro Miranda antes de subir sozinho para, de cabeça, mandar a bola para as redes. Os jogadores brasileiros reclamaram de falta no lance e pediram a utilização do árbitro de vídeo. O mexicano ignorou a solicitação e mandou o jogo seguir

Os brasileiros também reclamaram de um pênalti em Gabriel Jesus. O atacante foi agarrado na área e desabou após contato com o zagueiro. Assim como no lance do gol de empate, o mexicano ignorou o lance e mandou o jogo seguir.

Nesta segunda-feira, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) afirmou que irá pedir explicações formais a Fifa sobre a utilização do árbitro de vídeo na Copa do Mundo. A entidade brasileira quer esclarecimentos e saber o que o árbitro de vídeo não foi utilizado em nenhum dos dois lances. De toda forma, é importante frisar que o resultado da partida não será alterado.

Foto: Reuters

Mais lidas da semana