Mídias Sociais

Esporte

Ferj ganha sinal verde para a retomada do Campeonato Carioca

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

Após semanas de discussões e muita especulação, o futebol enfim está próximo de seu retorno no Rio de Janeiro. O governador Wilson Witzel publicou na noite da última sexta-feira no Diário Oficial um decreto que libera a reabertura gradual da economia, incluindo setores do comércio e da indústria, assim como também a prática de esportes de alto rendimento. A liberação dos jogos sem público está prevista para sábado (13).

Para tomar a decisão, o governo tomou como base o estudo de especialistas, que apontam a redução da pandemia no estado. O decreto era o que faltava para a retomada do Campeonato Carioca. A partir de agora, a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj), sentará com os clube para discutir os próximos passos e se organizar para a volta dos jogos oficiais.

De acordo com as últimas discussões, a Ferj deverá manter o planejamento de utilizar apenas três estádios na retomada do Campeonato Carioca. São eles: Maracanã, São Januário e Engenhão. A princípio, as partidas seriam realizadas sem público, com liberação gradual a partir do mês de julho.

A Prefeitura do Rio também anunciou medidas de flexibilização do isolamento social. Uma delas seria a realização de jogos com um terço do público a partir de julho. Sob essas circunstâncias, o Maracanã poderia receber até 22 mil pessoas, enquanto São Januário teria um público máximo de 7 mil e o Engenhão com 14 mil torcedores.

Foto: reprodução

Mais lidas da semana