Mídias Sociais

Esporte

Ferj encerra novela e sugere data para a volta do Campeonato Carioca

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

Após semanas de debates e discussões, o Campeonato Carioca enfim parece está perto de seu retorno. A Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) realizou um arbitral na noite da última segunda-feira (15) com os clubes, onde sugeriu o retorno da competição para este fim de semana.

Os clubes seguiram a recomendação do presidente da Ferj, Rubens Lopes. Por maioria dos votos, eles decidiram por retomar a competição neste fim de semana, a partir de sábado, dia 20. A entidade máxima do futebol carioca ainda criou um adendo. Os clubes que chegassem a um acordo, poderiam antecipar suas partidas em até dois dias. Foi o que aconteceu com Flamengo e Bangu. Os dois concordaram que o confronto entre ambos pode ser realizado nesta quinta-feira, dia 18, sem a presença de público.

Mesmo sugerindo uma data para o retorno da competição, a Ferj ainda precisa aguardar o aval das autoridades de saúde. A posição da Prefeitura do Rio é que a volta do Estadual ainda depende da avaliação de medidas de segurança e das curvas de contágio e mortes pela Covid-19. Cabe lembrar que o retorno das competições sem a presença de público estava no cronograma inicial de flexibilização na fase 2 divulgado pelo prefeitura Marcelo Crivella.

O Rio de Janeiro soma mais de 7.700 mortes e 80.900 casos confirmados de coronavírus. A taxa de mortalidade é de 9,55%, considerada a maior do país. Números que mostram que a situação no Estado é bastante delicada. Esse é o principal entrave para a retomada do Carioca. Mesmo diante da pressão dos clubes e da Ferj, a prefeitura está com receio de autorizar a retomada em um momento onde a curva de contágio continua crescendo.

Vale lembrar que a decisão entre os clubes não é unânime. Fluminense e Botafogo prometem ir à Justiça contra a volta do futebol. Ambos se posicionaram contra o retorno desde o início por entender que não há segurança suficiente enquanto a pandemia não for controlada. A oposição de ideias promoveu até mesmo um racha entre o presidente do Flu, Mário Bittencourt, com Rubens Lopes. Novas reuniões ao longo da semana vão definir se de fato o torneio volta ou não nos próximos dias.

Foto: reprodução

Mais lidas da semana