Mídias Sociais

Esporte

Domènec enxerga evolução no Flamengo e elogia atuação da equipe no clássico diante do Botafogo

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

O Flamengo ainda não apresentou aquele futebol vistoso e que lembrasse o time vencedor do ano passado. Mas na visão de Domènec Torrent, o empate com o Botafogo marcou a melhor atuação da equipe desde a sua chegada. Assim como diante do Grêmio, agora contra o Alvinegro o gol de empate só saiu no apagar das luzes.

"Nós precisamos jogar com todos os jogadores, porque temos muitos jogos. Depois do Santos, temos a cada dois, três dias, novo jogo, e precisamos rodar os jogadores. Eu falo muito com os médicos, porque é importante saber como estão todos. Mas eu queria jogar no 4-3-3, com dois jogadores entre linhas criativos, como são Diego e Éverton Ribeiro e dois jogadores mais abertos. Acho que jogamos melhor do que da outra vez (Grêmio), mas o resultado foi o mesmo. Empatamos. Acho que foi o nosso melhor jogo aqui. Trabalhamos todos esses dias jogando um pouco distinto. Vamos mudar pouco a pouco. Precisava de jogadores com outras qualidades, dar descanso a outros jogadores, porque jogaram todas", disse Domènec logo após a partida.

O treinador voltou a bater na tecla de que é preciso tempo para fazer o time render dentro de campo. "Por isso digo que é claro que precisamos de tempo. Só temos tempo para treinar, só para recuperar e jogar novamente. Temos que tentar jogar com os melhores jogadores em cada momento. E os melhores não são nomes, muitas vezes são os que estão na melhor forma. Vamos tentar jogar sempre com os melhores", comentou o treinador.

Parte das declarações do técnico não agradaram a Arrascaeta. Barrado contra o Alvinegro, o jogador chegou a questionar internamente as falas do treinador quanto as condições físicas. Apesar da rusga, tudo foi resolvido normalmente, sem maiores problemas nos bastidores. O atleta inclusive foi um dos destaques do time no treino desta segunda-feira (24).

Foto: Alexandre Vidal

Mais lidas da semana