Mídias Sociais

Esporte

Dirigente do Flamengo fala sobre a necessidade de reforços no Rubro-Negro

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

Sem poder contar com o atacante peruano Paolo Guerrero, o Flamengo busca no mercado nomes que possam vir a reforçar a equipe. A preocupação da diretoria é com a pesada sequência de jogos que o Rubro-Negro terá na temporada, uma vez que o time está disputando Copa do Brasil, Libertadores e Campeonato Brasileiro.

A necessidade de contratação foi admitida pelo próprio vice-presidente de futebol do Flamengo, Ricardo Lomba. “Guerrero é um jogador importante e a saída de jogadores desse nível sugere que a gente pense em algum tipo de contratação, algum reforço para a equipe. Nós vamos analisar. Com calma, a gente vai trabalhar isso para ver o que a gente decide”, afirmou Lomba.

A preocupação do dirigente é que a essa altura da temporada, campeonatos importantes começam a entrar em sua fase decisiva. São os casos da Copa do Brasil e da Libertadores. O consenso é que a saída de Guerreiro deixou uma lacuna no elenco que precisa ser preenchida.

Hoje o Flamengo conta com Henrique Dourado como titular absoluto da posição. Só que no banco de reservas, o Rubro-Negro não conta com um jogador experiente e com bastante rodagem. Na ausência de Dourado, outras opções seriam os jovens Viseu e Lincoln. Ou mesmo improvisar Lucas Paquetá como referência na área, algo que já aconteceu. Exatamente por isso, a idéia da diretoria é apostar em trazer um jogador com mais bagagem, acostumado a pressão de jogos decisivos. Como de costume, a direção do clube não comentou sobre os nomes que estariam sendo observados no mercado.

Foto: divulgação

Mais lidas da semana