Mídias Sociais

Esporte

Destaque da Seleção Brasileira é trunfo para tentar tirar Paquetá do Flamengo já em janeiro

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

Cada vez mais cobiçado no mercado internacional, Lucas Paquetá agora vê seu nome ser especulado no PSG, da França. E o clube parisiense contaria com uma carta na manga para convencer o destaque do Rubro-Negro a trocar de clube já a partir de janeiro do próximo ano: Neymar. O camisa 10 da Seleção Brasileira goza de ótima relação com Paquetá e inclusive já teria dito recomendado o PSG ao atleta do Fla.

Neymar teria se aproximado de Paquetá durante um treinamento do jogador com a seleção olímpica, em 2016. A dupla se aproximou ainda mais na última convocação de Tite para os amistosos contra Estados Unidos e El Salvador. Desde então, o interesse do PSG no jogador do Fla vem aumentando.

Representantes do PSG inclusive já teriam se reunido com o staff do jogador. Embora o clube francês sequer tenha feito uma proposta oficial pelo atleta até aqui, seu nome já foi aprovado internamente e a tendência natural é que as conversas sejam retomadas nos próximos dias. A princípio, o PSG teria como objetivo levar o jogador já na próxima janela de transferências.

Ainda não foram revelados os valores da possível transferência. Segundo o divulgado via imprensa, o PSG não estaria disposto a pagar o valor da multa rescisória do jogador, fixada em 50 milhões de euros. Especula-se que uma venda futura gire na casa dos 30, 35 milhões de euros. O Flamengo luta para elevar as cifras para a casa dos 45 milhões de euros, valor em que Vinícius Jr foi vendido ao Real Madrid.

Mesmo tendo a concorrência de outros grandes clubes da Europa, o PSG é neste momento o clube que mais flerta com o jogador. Um fato que pode ter acelerado as conversas com Paquetá é a possível saída do volante Rabiot, alvo do Manchester City.

Rabiot já passou pelas categorias de base da equipe inglesa e como ficará livre de contrato ao fim da temporada, ele está apto a assinar um pré-contrato com qualquer clube a partir de janeiro. Caso seja confirmada a saída de Rabiot, Paquetá poderia ser uma aposta do alemão Thomas Tuchel para a posição.

Foto: Gilvan de Souza/Flamengo


 

Mais lidas do mês