Mídias Sociais

Esporte

Derrota para o Internacional pode promover grande reviravolta no Flamengo

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

A derrota para o Internacional pode promover uma série de mudanças no Flamengo. Mais que o resultado, o revés sofrido no Beira-Rio gerou um grande mau-estar entre o técnico Abel Braga e a diretoria do Rubro-Negro. Na coletiva de imprensa pós-jogo, o treinador tratou com naturalidade o resultado, afirmando que é normal perder para o Inter jogando em seus domínios.

“Chegar aqui e perder para o Inter não é o que queríamos, se não dá para ganhar é tentar não perder. Mas é um resultado normal, assim como seria se tivéssemos vencido. Parabenizar o Inter pelo resultado. Num todo, acho que mereceu, apesar das muitas falhas que nós cometemos”, afirmou Abel na coletiva de imprensa.

A diretoria do Flamengo não ficou nada satisfeita com o desempenho apresentado pela equipe dentro de campo e principalmente com as declarações do treinador na coletiva. Nos bastidores, os dirigentes se mostraram bastante irritados com a postura de Abel. Há inclusive quem afirme que o clube já trabalha com a possibilidade de buscar outro nome no mercado. Existe a possibilidade do treinador nem mesmo estar a frente do Flamengo para o duelo com o Peñarol, no dia 8 de maio, no Uruguai. A partida vai definir o futuro do Fla na Libertadores.

Diante deste cenário, a partida contra o São Paulo pode acabar selando o destino de Abel no Flamengo. As duas equipes se enfrentam no próximo domingo (5), às 16 horas, no Morumbi. Uma nova derrota pode tornar a permanência de Abel insustentável. Para piorar a situação, o São Paulo chega para o confronto embalado e com 100% de aproveitamento no Brasileiro. O Tricolor Paulista ganhou uma nova cara sob o comando de Cuca, se mostrando mais competitivo. Diante de sua torcida, certamente criará dificuldades para o rival.

Ainda na coletiva de imprensa, o técnico Abel Braga sinalizou que deverá mandar a campo um time alternativo contra o São Paulo. Sem entrar em detalhes, o treinador deixou claro que irá poupar alguns jogadores pensando no duelo contra o Peñarol, que é de extrema importância para a equipe.  O Flamengo precisa apenas de um empate na quarta para avançar às oitavas de final da Libertadores.

Foto: Alexandre Vidal

Mais lidas do mês