Mídias Sociais

Esporte

Cria da base do Vasco ganha moral após convocação para defender a seleção olímpica

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

Se no profissional o Vasco não vive o seu melhor momento na temporada, nas categorias de base a história é completamente diferente. Prova disso é a convocação do goleiro Lucão para defender a seleção olímpica, que vai disputar o Torneio de Toulon, agora em junho. Cria das categorias de base do Cruz-Maltino, o goleiro de apenas 18 anos é considerado uma jóia no clube.

Apesar da pouca idade, Lucão é visto como um jovem de bastante potencial e que pode evoluir muito ao longo da carreira. Internamente, ele é visto como futuro dono da posição. O clube acredita que a médio prazo, o jogador deverá ocupar papel de destaque no time principal. O goleiro é constantemente convocado para defender as seleções de base, tendo acumulado vários jogos pelo sub-15 e sub-17.

“Por ele ter um perfil físico de muita força e potência, leva grande vantagem para fazer defesas rápidas. A capacidade técnica, a leitura de jogo e a tomada de decisões têm evoluído numa condição muito boa. Nossa projeção é de um goleiro com grande inserção no modelo de jogo (proposto na base do clube)”, afirmou o preparador de goleiros do sub-20 do Vasco, Rodrigo Pinheiro.

Lucão comemorou bastante a classificação para a seleção olímpica, uma oportunidade que ele já vinha perseguindo e almejando na carreira.

“Estou me sentindo muito feliz. É muito importante representar o Vasco em mais uma convocação. Venho trabalhando desde cedo para receber notícias como essa. Representar o meu país é algo de extrema importância que me deixa sem palavras. É uma categoria diferente, uma nova experiência e estou muito aberto a esse aprendizado”, disse o jogador.

Foto: Paulo Fernandes

 

Mais lidas do mês