Mídias Sociais

Esporte

Cidades da região divulgam itinerário e programação para receber o revezamento da Tocha Olímpica

Publicado

em

 

Conforme vamos nos aproximando da abertura dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, a expectativa pela passagem da Tocha Olímpica na região também vai aumentando. Até o dia 27 deste mês, a chama seguirá viagem pelas cidades do estado de São Paulo. No mesmo dia, ela finalmente irá desembarcar no Rio de Janeiro, em Paraty.

No Rio de Janeiro, a Tocha Olímpica passará por 41 cidades. Na região, a primeira cidade por onde elá passará será Campos dos Goytacazes, no dia 31 de julho. A passagem pelo município terá início às 13 horas, na Vila Olímpica do Jardim Carioca e vai seguir em direção ao Centro de Eventos Populares Osório Peixoto (Cepop). A estimativa é que 54 pessoas participem do revezamento.

Após Campos, a Tocha Olímpica seguirá para Conceição de Macabu, passando na sequência por Macaé, também no dia 31. A Fundação de Esporte (Fesporte) está cuidando do percurso, que ainda não foi divulgado. No entanto, já foram definidas quatro personalidades que vão participar do revezamento por aqui. São eles o professor de educação física Rossine Medeiros, o ex-jogador Fernando Macaé, a corredora Maria Aparecida e o professor de futebol Osmar Luis Ribeiro, mais conhecido como Mazinho.

Depois de Macaé, será a vez de Rio das Ostras receber a Tocha Olímpica. De acordo com a programação, a chama deverá chegar a sede administrativa na manhã do dia 1º de agosto, para na sequência seguir para a Praça José Pereira Câmara, onde será realizada uma solenidade festiva.

A próxima cidade da região a receber a Tocha Olímpica é Búzios. A passagem terá início também no dia 1º de agosto com o ponto de partida no bairro Rasa. Na sequência, ela seguirá para o Instituto de Educação e Formação Integral Judite Gonçalves (INEFI). Uma das pessoas que terá a honra de conduzir a tocha é a matriarca quilombola, Dona Eva Maria de Oliveira Conceição. Com 105 anos, ela pode ser a mulher mais velha a participar do revezamento.

Na região, o revezamento da Tocha Olímpica se encerra em Cabo Frio, ainda no dia 1º de agosto. O trajeto ainda não foi divulgado, mas estima-se que a chama percorra uma distância total de nove quilômetros. O ex-jogador e lateral-direito Leandro, tido como um dos maiores nomes da posição no Flamengo é um dos indicados para participar do revezamento. Ele começou sua carreira no Tamoyo Esporte Club e tem uma forte ligação com o município. Após Cabo Frio, a Tocha Olímpica seguirá para Saquarema. Ela só chega ao Rio de Janeiro no dia 4 de agosto, um dia antes da aberta dos Jogos Olímpicos.

Sérgio Barcellos

Foto: André Luiz Mello


 

Mais lidas do mês