Mídias Sociais

Esporte

Campeonato Carioca da Série B segue paralisado e sem previsão alguma para a bola voltar a rolar

Avatar

Publicado

em

 

O Campeonato Carioca da Série B segue paralisado e, ao que tudo indica, a bola não tem data para voltar a rolar pela competição. No início desta semana, chegou a ser publicado na imprensa que o torneio voltaria a ser disputado nesta quinta-feira, dia 04. No entanto, o Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ) negou o embargo feito pelo Americano, no qual o clube pedia o reinício da competição. A tendência é que o caso só seja resolvido após a disputa dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

Uma liminar conseguida na justiça pelo Itaboraí é o que ainda impede o reinício do Carioca da Série B. O TJD-RJ optou por não retomar o torneio por precaução, já que a liminar continua em vigor. Por este motivo, o tribunal resolveu negar o embargo feito pelo Americano, mantendo a competição paralisada.

No último dia 28, o Americano foi novamente julgado pela suposta manipulação de resultado. Na ocasião, o TJD-RJ manteve a multa de R$ 102 mil ao clube de Campos como punição, mas não excluiu a equipe do torneio. O Itaboraí pede a exclusão do adversário e promete levar o caso até a última instância, no caso o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Como um novo julgamento ainda não foi marcado, o torneio segue paralisado e sem previsão de voltar a ser disputado.

Tudo começou quando em um grupo de torcedores do aplicativo whatsapp, um homem identificado como Guito Wagner (diretor do departamento cultural e cívico do Americano), vazou um áudio onde levantou a hipótese de que o clube perderia as finais da Taça Corcovado de forma proposital para prejudicar o Itaboraí. Como o Cano já estava garantido no Triangular Final por ter a melhor campanha somando os dois turnos, o resultado das finais não mudaria em nada a situação da equipe no torneio.

Após tomar conhecimento do áudio, a diretoria do Itaboraí entrou com uma ação junto ao TJD-RJ. Desde então, o Tribunal deu início ao inquérito para apurar os fatos. A situação do Americano ficou ainda pior quando o clube mandou a campo um time alternativo para a final diante do Campos, mesmo se tratando de uma decisão. Em sua defesa, a diretoria do Cano alegou estar poupando o elenco para o Triangular Final. Mas o fato é que a decisão aumentou ainda mais os rumores sobre a possível manipulação.

Sérgio Barcellos

Foto: divulgação 

Mais lidas da semana