Mídias Sociais

Esporte

Campello conquista importante vitória nos bastidores da política do Vasco

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

O Conselho Deliberativo do Vasco decidiu por não abrir uma comissão de sindicância contra o presidente do clube, Alexandre Campello. A decisão saiu após votação realizada na noite da última segunda-feira (3). Foram 202 votos, dos quais 105 foram contra a abertura da sindicância, enquanto 97 foram a favor. O resultado representa uma vitória política importante para Campello.

Se a sindicância fosse aprovada, Campello seria denunciado por causar prejuízo ao clube ao não honrar acordos judiciais com cerca de 200 funcionários demitidos, fato que acabou gerando um aumento da dívida do clube em R$ 4 milhões. As informações que corriam nos bastidores davam conta que o presidente pretendia renunciar ao cargo caso a sindicância fosse aprovada.

A vitória de Campello foi conquistada de última hora, com apoios que o mandatário não contava. Um dos mais decisivos foi o de Eurico Brandão, o Euriquinho, filho de Eurico Miranda e que fez um discurso inflamado contra a abertura da sindicância. Uma vez superado o episódio, Campello segue no cargo e ganha um pouco mais de tranquilidade para trabalhar.

Outra vitória importante conquistada por Campello foi a aprovação de um empréstimo pedido por ele para aliviar o caixa até o fim do ano. O empréstimo foi aprovado com ressalvas. Ao invés dos R$ 30 milhões solicitados, só R$10 milhões foram liberados. Os outros 20 serão analisados na próxima segunda-feira.

Foto: Rafael Ribeiro

Mais lidas do mês