Mídias Sociais

Esporte

Bruno Henrique fala sobre clássico desta quarta e também futuro de Jorge Jesus

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

Tido como um dos principais destaques do Flamengo, Bruno Henrique foi o escolhido pela assessoria de imprensa para a coletiva desta terça-feira (7) no Ninho do Urubu. Na véspera de decidir o título da Taça Rio e possivelmente do Campeonato Carioca, o jogador negou o favoritismo rubro-negro e pregou bastante respeito ao adversário.

"Clássico não tem favorito. Eles não fizeram gol desde a volta do campeonato, amanhã pode ser que façam. Não sei, mas tomara que não façam. Nosso time também voltou sem tomar gol, e a gente quer continuar fazendo isso. Clássico é um jogo bem diferente", disse Bruno Henrique.

O jogador falou também sobre qual deve ser a postura do time dentro de campo. Ele garante que a forma de jogar não mudará diante nesta quarta-feira. "Temos totais condições de ganhar o título. Sabemos que o Fluminense também tem um time muito qualificado. O Mister sempre deixou bem claro: não importa o adversário, e sim a maneira como a gente joga. O tanto que a gente treina é para levar para o campo. A gente vai jogar da mesma forma que jogamos contra qualquer equipe. O jogo é jogado. Não sabemos o que pode acontecer. Mas vamos entrar em campo ligados, focados, para não ter surpresas", disse o jogador.

Bruno Henrique comentou também sobre as especulações em torno de uma possível saída de jorge Jesus. O treinador foi novamente procurado pelo Benfica, que promete fazer um esforço para convencer o treinador a voltar para Portugal.

"O Mister não comentou nada com a gente. Se chegou essa proposta para ele ou não, quem tem que tratar sobre essa possibilidade é ele com a diretoria. A gente torce e espera que ele fique conosco bastante tempo de contrato que tiver. Essa possibilidade é pessoal dele, e ele que tem que resolver com a direção o que é melhor para ele", disse o atacante.

Bruno acredita também que as especulações sobre o futuro do treinador não prejudicam em nada no rendimento da equipe. "Não afeta nada. O Mister é um cara bem centrado. Ele até briga quando a gente se pega um pouco voando durante os treinos. Ele gosta de a gente estar ali bem centrado e focado no que estamos fazendo. A gente quer e espera que ele fique. É o comandante do nosso elenco, dá toda a atenção para nós, nos deixa bem à vontade para fazer o nosso trabalho. Cabe a ele olhar o que for melhor para a vida dele, mas tenho certeza de que ele está muito à vontade aqui no Flamengo", encerrou Bruno Henrique.

Foto: Alexandre Vidal

Mais lidas da semana