Mídias Sociais

Esporte

Arbitragem desastrosa em jogo do Flamengo reabre discussão sobre árbitro de vídeo

Sérgio Barcellos

Publicado

em

A arbitragem desastrosa de Wagner Reway e seus auxiliares Fábio Rodrigo e Marcelo Grando no empate entre Vitória e Flamengo reabriu a discussão sobre a inclusão ou não do árbitro de vídeo no Campeonato Brasileiro. Logo na rodada de abertura da competição, o trio cometeu erros graves, que acabaram interferindo diretamente no resultado da partida.

Logo no início do jogo, o árbitro expulsou Everton Ribeiro, alegando que o jogador tocou com a mão na bola dentro da pequena área para impedir o gol do Vitória. Só que o replay da jogada mostrou que a bola atingiu o rosto do jogador. Além da expulsão equivocada, o Flamengo teve um pênalti inexistente marcado e ainda que atuar cerca de 80 minutos com um jogador a menos.

O Vitória também reclamou bastante da arbitragem. Isso porque o mesmo trio validou um gol do Flamengo de forma irregular, ao não marcar impedimento no gol de Réver. Como punição, a CBF decidiu afastar o trio, que não irá mais apitar jogos da Série A. Eles agora vão passar por uma espécie de reciclagem na Série B do Brasileiro.

Em entrevista ao Esporte Interativo, o goleiro Diego Alves falou sobre o assunto. Segundo o arqueiro, o próprio árbitro da partida afirmou em determinado momento que os jogadores deveriam brigar pela utilização árbitro de vídeo. Na visão de Diego, isso mostra o despreparado de Wagner Reway para apitar a partida.

“Na minha opinião, aqui no Brasil, ao invés de darmos passos para frente e atualizar, estamos dando passos para trás. Os árbitros de vídeo hoje nas principais ligas do mundo são fundamentais. O próprio árbitro ontem falou para a gente: ‘por que vocês não brigam pelo árbitro de vídeo? O que mostra a insegurança”, afirmou Diego.

Passada a estreia no Brasileiro, o Flamengo se volta agora para a disputa da Libertadores. Na próxima quarta-feira, o Rubro-Negro encara o Santa Fé da Colômbia no Maracanã com os portões fechados.

Foto:

Mais lidas do mês