Mídias Sociais

Esporte

Alberto Valentim fala sobre futuro e traça planos para o Botafogo em 2020

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

O técnico Alberto Valentim assumiu o Botafogo em um momento conturbado, com a equipe lutando contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Aliviado após garantir a permanência do clube na Série A, o treinador projeta um ano melhor na próxima temporada. Ele se mostra animado com a possibilidade de comandar a montagem do elenco, mesmo ciente das dificuldades financeiras que o clube enfrenta.

"A gente sabe que o Botafogo vive momento complicado financeiramente e temos que deixar isso transparente. Mas tem que ter cobrança, sim, por resultado vivendo a realidade que o clube também vive. Eu vou me entregar ao máximo, a diretoria não vai medir esforços para trazer jogadores importantes dentro dessa realidade para que o Botafogo viva um 2020 melhor", frisou Valentim.

Valentim assumiu o clube na reta final do Brasileiro. O treinador somou 13 jogos, com oito derrotas, um empate e apenas quatro vitórias nesse período. Mesmo com o aproveitamento aquém das expectativas, a diretoria do Botafogo optou por manter o treinador para 2020. Valentim agradece o voto de confiança, mas lembra também que não participou da montagem do elenco deste ano. "Eu sempre falei: me cobrem depois, que o time terá minha cara a partir do ano que vem, com o começo do zero", disse o treinador.

Valentim apontou também qual foi a melhor e a pior atuação do time sob o seu comando.

"O melhor foi contra o Flamengo, foi um pecado que o Luiz Fernando tenha sido expulso. Acredito que tenha sido o jogo que o Flamengo mais teve dificuldade de atacar, tiveram menos chances claras mesmo com um a mais. Um empate seria justo e, se imaginarmos um pouco como seria com o Luiz Fernando em campo, talvez teríamos criado mais problemas ofensivos. Já o que menos gostei foi contra o Santos, Athlético-PR e até o Corinthians, que nós ganhamos. Não gostei contra o Santos, Athletico-PR e até o Corinthians, que nós ganhamos. Talvez tenham sido os jogos que eu mostrei mais no vídeo cobrando o que poderíamos ter feito melhor. E tiveram jogos que jogamos melhor e não ganhamos, como contra o Cruzeiro", encerrou o treinador.

Foto: Vitor Silva

Mais lidas da semana