Mídias Sociais


Destaque

Tem início renegociação de dívida com desconto de até 100% nos juros em Carapebus

Publicado

em

 

Esse desconto é dado para a quitação de todos os débitos econômicos pendentes, desde taxa de alvará, ISS até ao IPTU.

A Prefeitura de Carapebus iniciou no último dia 10, o programa de recuperação fiscal, onde concede até 100% nos juros e multas, quando a dívida for paga à vista. Esse desconto é dado para a quitação de todos os débitos econômicos pendentes, desde taxa de alvará, ISS até ao IPTU. O início da renegociação foi antecipada um mês antes do previsto (15 de agosto) e com encerramento previsto para 15/12/2017 por determinação a prefeita Christiane Cordeiro, que determinou a ampliação do prazo para que a população consiga fazer a renegociação com maior tranquilidade e verificar a viabilidade orçamentária para quitar suas dívidas.

Na tabela, o pagamento de dívida até R$ 5 mil à vista, o desconto é de 100% tanto para os juros quanto a multa por atraso. Em caso de pagamento parcelado em seis vezes, esse percentual cai para 80%; em doze meses, a taxa vai para 70%; em 24 meses esse desconto cai para 50% e em 36 vezes o desconto é de 30%. Ainda na tabela de desconto aprovada pela prefeita Christiane Cordeiro, para os valores que podem variar de R$ 5.000,01 a R$ 50 mil o pagamento a vista dá direito a um desconto de 60% no juros e multa, enquanto cai para 50% esse benefício com o parcelamento em seis vezes; de 45% para as de doze vezes, de 30% para os interessados em quitar em 24 meses e de 15% para os que pagarem em 36 prestações, os valores devidos.

Para os débitos acima de R$ 50 mil, o pagamento a vista dá direito a um desconto de 45% no juros e na multa, enquanto em quitação feita em seis vezes, o percentual é de 35%; em doze meses o desconto é de 30%; em 24 parcelas cai para 15% e em 36 meses o desconto é de 10% nos juros e multas. Para a quitação, parcelamento ou tirar dúvidas o contribuinte deve procurar a Secretaria de fazenda (SEMFAZ) localizada na Rua João Pedro Sobrinho, 130, no Sapecado.

 

Mais lidas da semana