Mídias Sociais

Cultura

Grupo formado por moradores de Búzios auxilia famílias carentes durante a quarentena

Avatar

Publicado

em

 

 

Da redação

O grupo Quarentena Búzios / Corrente do Bem foi criado no facebook no dia 19 de março, tendo como foco as pessoas vulneráveis da cidade que precisariam de ajuda durante a quarentena. O intuito era reuni-las com pessoas disponíveis para irem ao mercado, à farmácia ou prestarem algum tipo de auxílio.

O grupo também tinha como objetivo divulgar os estabelecimentos que ofereciam delivery, como restaurantes, lanchonetes, mercados, farmácias... para fomentar a economia local.

O que era a uma simples vontade de facilitar a vida de quem mora na cidade se transformou em algo muito maior, com mobilização crescente de moradores, sempre com o foco de manter as pessoas em casa e ajudar as que precisam de algo. Em uma semana, a corrente já contabilizava mais de três mil membros e as ações foram além das compras para idosos e vulneráveis e a divulgação do comércio.

O grupo, administrado por 18 pessoas – buzianos de nascimento e de coração - começou a fazer pequenas doações de alimentos, atendimentos domiciliares na área de saúde, prestar apoio psicológico, ajudar quem precisa de medicamentos, meditações coletivas, esclarecimentos jurídicos e acabou ganhando um site para reunir as muitas informações.

Cinco mil membros
Hoje, com um mês e meio de vida, o grupo já soma mais de cinco mil pessoas e o campo de atuação não para de crescer. Desde o começo de abril, o grupo conta com a colaboração da sociedade e de vários parceiros que permitem auxiliar outros tipos de vulneráveis: as famílias sem renda por conta da pandemia.

O Duo Market fornece cestas básicas a preço de custo (já foram entregues 280 cestas entregues entre os dias 02 e 30/04); o Insólito Hotel cede máscaras para distribuição para a população carente; e a Creche Bárbara Wright abre sua cozinha para o preparo de almoços servidos aos domingos, feitos por chefs locais e que seguem para 50 famílias.

Essas refeições contam com o apoio do Agrifruti, que cede legumes e verduras e, pontualmente, com restaurantes e buffets, que doam alimentos do estoque (74 Restaurant, Nami e Captains Buffet já doaram).

Também é parceira a Drogaria Max, que fornece fraldas e leites especiais a preços de custo; e o projeto social Círcolo Social, que colabora com mão-de-obra para a montagem das cestas básicas.

Como doar
A parceria com o Duo permite a doação de qualquer quantia em dinheiro, de maneira fácil e rápida. O passo-a-passo para ajudar está no link:
http://www.quarentenabuzios.com.br/qb/rsb/rsb.asp

O grupo também divulga pedidos de necessidades como roupas para crianças, enxoval para recém-nascidos, botijões de gás, cama hospitalar, cadeira de rodas... E todas as demandas são rapidamente resolvidas!

A mais recente ação é o contato com o Consulado da Argentina para ajudar os argentinos que vivem em Búzios a voltarem para seu país. A maioria trabalha com Turismo e, hoje, a atividade está 100% parada por conta da quarentena.

Ajuda necessária
Sem dúvidas, a doação das cestas básicas se tornou a principal ação e a que mais exige do grupo. Os inúmeros pedidos chegam todos os dias e, para atender às pessoas que realmente não recebem nenhum tipo de ajuda, o grupo cruza os nomes com diversas listas de beneficiários fornecidas pela Prefeitura, ONG´s, projetos sociais.Para evitar aglomerações, as cestas são entregues nas casas das famílias cadastradas pelo grupo.

Com o passar do tempo, as doações em dinheiro começam a ficar escassas, comprometendo o auxílio às famílias. Conforme citado acima, qualquer quantia pode ser depositada ou transferida para o grupo.

Facebook: quaretenabuzios
Site: http://www.quarentenabuzios.com.br/

Crédito: Divulgação

Mais lidas da semana