Mídias Sociais

Cultura

Em São Pedro da Aldeia, exposição de artesanato pode ser visitada até 08 de setembro

Publicado

em

 

Daniela Bairros
A Casa da Cultura Gabriel Joaquim dos Santos, em São Pedro da Aldeia, sedia até o dia 08 de setembro, a exposição de artesanato "Mãos que trabalham, mentem que criam o belo". A mostra reúne trabalhos de 28 artistas da Associação de Artesãos da cidade, da Casa da Neusa e da Casa do Marinheiro. Mais de 300 peças estão sendo comercializadas, com preços a partir de R$ 0,50. Entre os artesanatos expostos, estão bijouterias em geral, artigos de decoração e utilitários para o lar. A visitação, que é gratuita, pode ser feita de segunda a quinta-feira, das 9h às 20h, e de sexta-feira a domingo, das 9h às 22h.
A exposição, iniciada no mês de julho, tem como objetivo celebrar o artesanato como manifestação artística e instrumento terapêutico, dar visibilidade a produções locais, além de homenagear as artesãs em atividade no município.
Até o início do mês de setembro, estarão à venda no local diversos artigos artesanais, como porta-retratos decorados, porta-trecos, bolsas, chaveiros, objetos decorativos, enfeites de mesa, artigos em MDF, kits para banheiro e cozinha, toalhas, bonecas, móbiles, cadernos, canecas, vasos, cachecóis, toucas, quadros, laços, pulseiras, cordões, brincos e acessórios em geral, com técnicas que passeiam pelo fuxico, bordado, crochê, pintura em tecido, pátina, biscuit, patchwork e decoupage, além de trabalhos em feltro, madeira, miçanga e escama de peixe.
Como parte da mostra, as artistas oferecem, ainda, cursos rápidos de artesanato durante a semana, visando fomentar a prática e a formação de novas artesãs. O cronograma inclui cursos especializados em Confecções em Feltro, Pintura em Tecido, Bijouteria, Bordado à Mão Livre, Cartonagem, e Pátina. A iniciativa é totalmente particular, com vagas limitadas e material incluso.
No espaço da Casa da Cultura, os visitantes também podem adquirir, a preços simbólicos, peças produzidas pelas alunas e artesãs do projeto “Bordado Solidário”, da Secretaria Adjunta de Cultura. Todo o valor arrecadado com as vendas é destinado a compra de cobertores em benefício de instituições sociais e dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) do município. O encaminhamento dos materiais é feito por intermédio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos.
A Casa de Cultura Gabriel Joaquim dos Santos fica localizada na Avenida Francisco Coelho Pereira, n° 255, no Centro da cidade. O telefone para contato é o (22) 2625 5167.

Crédito: Divulgação

Mais lidas da semana