Mídias Sociais

Cultura

Em Cabo Frio, Shopping Park Lagos, sedia Expo Artesanato Mundial com estandes de todo Brasil, Índia e Peru

Daniela Bairros

Publicado

em

 

Na exposição, público pode conferir o melhor da cultura, gastronomia e artesanato de outros países.

 

Daniela Bairros

 

O Shopping Park Lagos, em Cabo Frio, sedia a ExpoArte Artesanato Mundial. A exposição foi aberta neste mês de dezembro e pode ser visitada até março. Na mostra, o público pode conferir o melhor da cultura, gastronomia e artesanato de outros países, como Índia e Peru.

O espaço contém sete estandes, um do Peru, outro da Índia, e dos estados brasileiros, Manaus, Minas Gerais, Paraná e Rio Grande do Sul.  A exposição pode ser visitada durante o horário de funcionamento do shopping.

O estande mais procurado, do Peru, traz aos visitantes toda a cultura de Machu Pichu, com toucas, o sol que representa a crenças do povo inca e outros objetos como o xadrez, que são próprios dos espanhóis que deixaram sua marca no país, influenciando a cultura. Além das belezas das peças, os visitantes podem tirar foto com a Lhama, animal símbolo desta parte do país, e aproveitar para bater um papo e aprender sobre esse lugar mágico.

Já no estande da Índia, artesanato característico e o vestuário com as cores e belezas do país mais colorido do mundo. As camisas fazem sucesso com suas estampas de diversos formatos e estilos. Vale também o bate papo cultural com os donos do estande, sempre dispostos a dar mais informações sobre o viés cultural que oferecem.

Da cultura brasileira,  o estande de Manaus traz o melhor dos fitoterápicos trazidos diretamente da floresta amazônica. As propriedades terapêuticas das plantas amazônicas são mundialmente conhecidas e comprovadas  sua eficácia no auxílio e prevenção de doenças em geral.

O estande de Minas Gerais, como não poderia ser diferente traz as doces cristalizados artesanais, que todo mundo ama. O estande do Paraná traz casacos de couro em preços especiais, e em diversos modelos e formatos. E do Rio Grande do Sul, os vinhos e os produtos da colônia.

A organizadora Eliana de Paula e seu filho Eduardo contam que a expectativa é a melhor possível, e que esperam uma boa circulação nos meses de exposição no Shopping.

“Acredito que essa feira traz para Cabo Frio não apenas a possibilidade de adquirir produtos da Índia, do Peru ou das regiões do Brasil. Vejo essa feira como um intercâmbio cultural entre povos e a oportunidade de conhecer as belezas de outros lugares, levar pra casa um pedaço dessa cultura em forma de artesanato, roupas e até comidas típicas”, comentou Eliana entusiasmada.

Crédito: Divulgação

 

 

 

 

 


 

Mais lidas do mês