Mídias Sociais

Cultura

Cidades da região atingidas pelas chuvas criam campanha de arrecadação de donativos às vítimas

Daniela Bairros

Publicado

em

 

Em Macaé, uma das  campanhas está sendo realizada por líderes comunitários da Nova Holanda e Nova Esperança. Nos demais municípios como Rio das Ostras, Arraial do Cabo e São Pedro da Aldeia, foram criados pontos de coletas.

 

Daniela Bairros

Passadas as fortes chuvas que causaram vários estragos em muitas cidades da região, a necessidade agora é ajudar as famílias atingidas. Muitas estão desabrigadas e desalojadas, precisando de roupas, colchões, água e mantimentos.

Em Macaé, uma das campanhas de arrecadação de donativos foi criada por líderes comunitários da Nova Holanda, Nova Esperança e Barra. Desde o último final de semana, quando a cidade acumulou 205,8 milímetros de chuvas, o maior em todo o Estado, moradores, comerciantes e integrantes de associação de moradores se mobilizaram para arrecadar roupas, colchões, água e mantimentos.  Segundo o líder comunitário da Nova Holanda e Nova Esperança, Alenilson dos Santos Nunes Souza, o “Biscoito”,  localidades como Ilha Leocádia, Piracema, Águas Maravilhosas e Nova Esperança, são atingidas em épocas de fortes chuvas e sempre que há enchentes, famílias precisam de ajuda. As doações, como roupas, colchões, agasalhos, água e mantimentos estão sendo entregues em pontos como Associação de Moradores da Barra, Loja do Flamengo no Shopping Plaza Macaé, Academia Corpo e Movimento, Depósito de Água do Luís, na Nova Holanda.  “Quem precisa das doações imediatas, estamos entregando. No próximo final de semana, vamos até a Ilha Leocádia para entregar os donativos às famílias atingidas. Teremos dois finais de semana para entregar as doações, que não param de chegar”, explicou.

Na Rua Bahia, 34, no bairro Nova Esperança, a moradora Helena, que é cadeirante está com a casa interditada pela Defesa Civil e precisa sair, mas segundo ela, não tem para onde ir. A população local está se mobilizando para ajuda-la, já que segundo Alenilson, a casa precisa ser reformada. “No caso da dona Helena, estamos pedindo doações de material de construção para reformar o telhado. Ela já pediu ajuda nos veículos de comunicação da cidade e precisa porque mora sozinha”.

Em Rio das Ostras, estão sendo arrecadados alimentos não perecíveis, material de limpeza e de higiene pessoal para as famílias que foram afetas pelas fortes chuvas. As doações podem ser feitas diretamente na sede da Secretaria de Bem-Estar Social, que fica na Rua Araruama, 86, no Centro, das 8h às 17h.

Em Arraial do Cabo, A prefeitura iniciou a campanha na última  quinta-feira (16) pedindo doações de alimentos, materiais de limpeza e de higiene pessoal, além de colchões e cobertores. Os locais para doação são CRAS de Figueira, CREAS da Praia Grande, Primeira Igreja Batista, Cruz Vermelha (Círculo Operário) e Igreja Católica (Sagrado Coração de Jesus e Nossa Senhora dos Remédios).

A Secretaria de Assistência Social de Arraial do Cabo criou um bazar para doar roupas, calçados, colchonetes e cobertores para quem estiver precisando.  O bazar funciona no CREAS, que fica na Rua Osvaldo Cruz, 62, Praia Grande, com horário de funcionamento de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Em São Pedro da Aldeia, onde a Defesa Civil registrou 72 ocorrências, 17 residências interditadas, 35 pessoas desalojadas, quatro pontos de deslizamento e quatro desabamentos, porém sem vítimas, o Lions Clube está promovendo uma ação humanitária para receber donativos para as famílias atingidas pelas chuvas. Ação está sendo realizada nesta terça-feira (21), na sede do Lions Clube, que fica na Rua Francisco Santos Silva, no bairro Nova São Pedro.

A Defesa Civil da cidade dará apoio no direcionamento das doações.

Crédito: Divulgação

 

 

 

 

 

 

 

Mais lidas do mês