Mídias Sociais

Cidades

Vigilância Sanitária alerta população contra a ação de falsos fiscais em Cabo Frio

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

A Coordenadoria de Vigilância Sanitária da Secretaria de Saúde de Cabo Frio emitiu um alerta aos comerciantes da cidade sobre a ação de falsos fiscais. A denúncia chegou através de um empresário, que trabalha na Praia do Forte e foi vítima de uma tentativa de extorsão feita por um homem que se apresentou como funcionário da Coordenadoria.

Segundo informações, o falso fiscal pediu ao comerciante um depósito de R$ 1.500,00 para que o estabelecimento não fosse inspecionado, mas o pagamento não chegou a ser consumado. O empresário ficou desconfiado e entrou em contato com a equipe da Vigilância que o alertou de um possível golpe. De acordo com o coordenador, Paulo Sérgio Campos, em hipótese alguma, fiscais pedem qualquer quantia de dinheiro para que não haja inspeção no estabelecimento.

“Os fiscais da Vigilância Sanitária atuam sempre uniformizados e com a identificação funcional. Mas, na dúvida, é possível fazer contato com a Vigilância Sanitária. Em casos como este, de tentativa de extorsão, orientamos o comerciante a fazer o registro de ocorrência na delegacia”, informou Paulo Sérgio.

Enquanto isso, fiscais da  Coordenadoria Geral de Posturas da Secretaria de Desenvolvimento da Cidade identificaram 11 ambulantes, que apresentaram crachás falsos a equipe.

“Nossa ação é, sobretudo, em respeito ao vendedor ambulante que trabalha corretamente e aderiu ao processo de recadastramento. Ao longo dos anos, houve um inchaço na concessão dessas permissões, feitas sem nenhum critério, o que acabou por saturar a ocupação do espaço urbano, principalmente na Praia do Forte”, explica o coordenador de Posturas, Alexandre Lopes.

Mais lidas da semana