Mídias Sociais

Cidades

Câmara de Carapebus realizará concurso público ainda este ano

Avatar

Publicado

em

 

Com a nova diretoria, a Casa terá sessão itinerante, planos de cargos e salários entre outras melhorias

 

 

Anselmo Prata Vicente (PSDB) é o novo presidente da Câmara de Vereadores de Carapebus. Sua eleição garantida por seu voto e de mais cinco colegas da Casa, - que conta com nove parlamentares municipais – é um novo marco na história política da cidade. Os comentários mais comuns sobre a nova diretoria da Câmara é de “vida nova, mais democrática e popular”. Isso porque Anselmo encabeça um grupo de consenso que defende a implantação da Câmara Itinerante, onde a sessão plenária será realizado mensalmente em um bairro da cidade, ouvindo e atendendo a população localmente, criação de um plano de cargos e salários, uma ouvidoria e principalmente o concurso público – ainda este ano – para os cargos.

Democrático e participativo, o presidente da Câmara Anselmo Prata foi taxativo “a presidência da Casa somos todos nós vereadores; e não apenas eu. E é pensamento comum sairmos da dependência da Prefeitura. Não somos uma extensão do Executivo. Estamos e faremos a voz dos nossos eleitores fazer valer”. Agregando na mesa, situação e oposição ficou definido que a vice presidência será ocupada  por Luciano Sardinha de Carvalho, Deut (PSDC), Marcelo Borges Martins, o Borginho (PP), como primeiro secretário Wagner Mello Ferreira (PT do B) como segundo secretário.

A escolha do nome de Anselmo foi feita pelos votos de Deut, Borginho,  Wagner Melo, Maicon Véio (PSD) e Marquinhos Pacato (PMDB). Essa união política sacramentada na eleição da nova mesa diretora será publicamente celebrada em um culto ecumênico dia 8 de fevereiro, a partir das 19 horas, na praça central da cidade. A Câmara retorna do recesso dia 19 de fevereiro.

As primeiras ações estão sendo a de montar grupos de estudos para a elaboração da realização do concurso público. Ainda não existe uma data ou mesmo o número de cargos a serem oferecidos. Em paralelo, será criado um plano de cargos e salários para ser aplicado nos servidores aprovados em concurso. Para a população as duas maiores novidades é a implantação da Câmara Itinerante e a Ouvidoria. Na primeira, o eleitor terá em seu bairro uma sessão plenária onde poderá interagir com os vereadores, relatando e reivindicando melhorias para sua rua, seu bairro ou região. E pela Ouvidoria poderá expressar e solicitar informações sobre problemas, apresentar propostas para questões municipais.

“Tudo que pensamos em comum acordo é em oferecer aos carapebuense todas as condições dele reivindicar o que é melhor para ele. Queremos que a Câmara esteja cada vez mais próxima ao eleitor. Iremos de casa em casa convidar cada pessoa à participar de nossos trabalhos e também da administração do município”, detalhou o vice presidente Luciano Sardinha Deut. A nova diretoria irá redigir o projeto da Câmara Itinerante logo após o fim do recesso e deverá votar o projeto de lei ainda neste primeiro semestre.

Tânia Garabini

Mais lidas do mês