Mídias Sociais

Cidades

Vídeo de motorista lançando a campanha "Não Abasteça em Cabo Frio" viraliza na internet

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

O alto valor cobrado pela gasolina nos postos de combustíveis de Cabo Frio continua sendo um assunto que gera polêmica. Nos últimos dias, um vídeo viralizou na internet, onde um motorista lança a campanha "Não Abasteça em Cabo Frio".

Na gravação, o motorista mostra o valor da gasolina em um posto de São Pedro da Aldeia, cidade vizinha ao município cabo-friense. Apesar da pouca distância, a diferença no valor chega a quase um real, entre uma cidade e outra.

O vídeo já teve quase 50 mil visualizações e mais de dois mil compartilhamentos. Além disso, a hastag "#Nãoabastecaemcabofrio" está sendo utilizada por milhares de internautas.

Ainda nesta semana, o Procon de Cabo Frio começou a recomendar aos postos de combustíveis da cidade, que  repassem ao consumidor final, os descontos, que estão recebendo das refinarias.

“Em setembro o valor médio da gasolina era de R$5,37, agora está em R$5,18. Realmente houve uma diminuição, mas ainda está longe do ideal. Nosso objetivo é fazer cumprir a recomendação que os descontos dados pela Petrobras às refinarias sejam repassados ao consumidor final.”, afirma a diretora do Procon de Cabo Frio, Mônica Boniolli.

Vale lembrar que no Brasil há o princípio do Livre Mercado, com isso, nem o Procon nem outro órgão pode interferir nos valores aplicados. Porém, a formação de Cartel, mantendo preços altos agregados a uniformização dos valores é crime, e o Procon tem investigado isso.

O consumidor que se sentir lesado por qualquer estabelecimento pode procurar o Procon de Cabo Frio, que está localizado na Rua Florisbela Rosa da Penha, 292, no Braga. O órgão recebe denúncias que ferem o Código de Defesa do Consumidor pelo telefone (22) 2643-5831.

 


 

Mais lidas do mês