Mídias Sociais

Cidades

Vereadores de São Pedro da Aldeia protocolam documento para impedir realização de Stand Up sobre igrejas evangélicas

Publicado

em

 

Parlamentares afirmam que se sentem desconfortáveis com o conteúdo da peça, que na opinião da maioria do Legislativo aldeense, não é apropriada para o município.

Um caso de censura gerou polêmica no município de São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos. É que nove dos dez vereadores da cidade assinaram e protocolaram um documento que visa impedir a realização de uma peça teatral. O espetáculo em questão é o Stand Up Comedy “Igreja Evangélica Pica das Galáxias”, que tem como personagem central o “bispo Arnaldo”.

A carta foi enviada nesta semana a direção do Teatro Municipal Átila Costa, solicitando o cancelamento da apresentação, prevista para ocorrer no próximo dia 27. No documento, os parlamentares afirmam que se sentem desconfortáveis com o conteúdo do espetáculo, que na opinião da maioria do Legislativo aldeense, não é apropriada para o município.

No entanto, a diretora do Teatro Municipal, Norma Alamo, alegou em entrevista ao Portal Rc24h, que não irá ceder à pressão dos vereadores, pois o papel dela é garantir a livre expressão cultural, que é respeitada pelo prefeito Claudio Chumbinho e secretário de Governo, Eron Bezerra.

Na internet, uma moradora da cidade manifestou sua insatisfação com o requerimento da Câmara de Vereadores. “Gente de mente e coração pequenos e língua grande. Às vezes parece que estamos em uma cidade de novela de época, em tempos que as carolas e os coronéis proibiam artistas ou qualquer um que fosse diferente de seus hipócritas padrões de entrar ou permanecer na cidade, em nome do que eles chamavam moral e bons costumes”, disse Simone Dalcim.

Também assinam a nota de repúdio o Conselho de Ministros Evangélicos da cidade de São Pedro da Aldeia, juntamente com a União dos Militares Evangélicos da Marinha, entre outros representantes das igrejas evangélicas locais.

 

*Com informações do Portal RC/24H

Mais lidas da semana