Mídias Sociais

Cidades

Subprefeitura de Tamoios, em Cabo Frio, passa por processo de reorganização

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

Há pouco mais de 15 dias, Cabo Frio está sob nova administração e aos poucos as coisas começam a tomar o ritmo do novo Governo. No Distrito de Tamoios, as coisas também estão passando por mudanças. De acordo com a subprefeita, Tamires Carneiro, esse é o momento dedicado a encontrar soluções para a melhoria da localidade.

De acordo com Tamires, a partir de agora a ideia é que as pessoas que trabalham na subprefeitura tenham liberdade para trabalhar. “A gente pregou o tempo inteiro que queria mudanças. E não adianta pregar essa ideia, se Tamoios não tiver autonomia para solucionar os problemas. Não é nem uma autonomia total, é um trabalho em conjunto, uma parceria. Existe secretariado, a gente não pode ultrapassar o secretariado. A responsabilidade da gente é identificar o problema e passar para o secretaria responsável solucionar”, explicou Tamires, que acredita que a presença dos secretários em Tamoios é algo positivo para a localidade.

Segundo, ela a subprefeitura, que antes era chamada de Centro Administrativo foi encontrada de forma organizada, dentro do possível. Porém, o que foi identificado é que o espaço funcionava apenas para que os moradores pudessem fazer pedido de limpeza de fossa e reparo de iluminação pública, “Mas esse não é o momento de encontrar culpados, e sim, de identificar os problemas e tentar buscar soluções”, garantiu Tamires.

Para buscar essas soluções, a subprefeita reforça que a parceria entre as pessoas que atuam em Tamoios e o secretariado é de grande importância. “Essa presença dos secretários em Tamoios é positiva. Assim eles irão conhecer a real situação e quando fizermos um pedido para cá, eles saberão que realmente precisamos”, explicou a subprefeita, afirmando que o contato com os secretários tem sido direto e positivo.

Demissões e contratações – Desde que Dr. Adriano assumiu, o Distrito de Tamoios se mostrou ansioso para saber os nomes, que iriam atuar nas superintendências de Tamoios. Mas, parece que esse suspense irá durar um pouco mais. Novos nomes não devem ser anunciados por agora, isso porque por se tratar de um ano eleitoral, há toda uma burocracia para contratação e demissão em qualquer setor.

De acordo com Tamires, todos os funcionários contratados irão permanecer trabalhando normalmente, até segunda ordem. Inclusive, ela esteve em algumas unidades, principalmente de saúde, onde algumas pessoas estavam confusas como seria daqui pra frente e a orientação foi para que o trabalho continuasse normalmente.

Já os funcionários comissionados e portariados, foram orientados a aguardarem uma nova informação fora dos postos de trabalho. “Esses funcionários foram suspensos no dia seguinte após a posse do Adriano. Como nós não sabemos se eles continuarão ou não trabalhando depois, eu me reuni com eles e informei que não precisariam continuar em seus postos de trabalho”, explicou a subprefeita.

Com essa liberação, duas pessoas foram convidadas a ajudar nos setores de postura e mobilidade urbana. Porém, os nomes não foram divulgados pela subprefeitura.

“Por enquanto, já temos uma pessoa que está na postura, tem umas pessoas para ajudar na mobilidade. Não é questão de fazer suspense, é que eu não gosto de Bypassar as pessoas responsáveis e acho que esses nomes devem ser anunciados pelo prefeito ou pelo secretariado”, afirmou Tamires.

 

Primeira mulher à frente da administração – Apesar de ser um ponto muito comentado, a nova subprefeita de Tamoios não gosta muito de destacar o fato dela ser mulher. Isso porque para ela, não importa se é homem ou mulher, mas sim, se a pessoa tem vontade de fazer.

Tamires Carneiro é moradora de Tamoios há quase 18 anos, e afirma, que por isso, o que os moradores podem esperar é muita garra e muito trabalho em prol do Distrito.

“Eu até conversei com Adriano um tempo atrás, quando ele propôs eu ajudar ele em Tamoios, eu perguntei se ele tinha certeza porque eu sou chata. Eu moro aqui há quase 18 anos, e sei exatamente o que a gente precisa. Nós não temos um incentivo para os jovens, não temos um ensino médio, não temos nada”, frisou a subprefeita.

Tamires falou que pretende abraçar os projetos sociais, que já existem hoje, mas sem nenhum apoio do Governo. A ideia é expandir esses projetos para outros bairros mais afastados como Pacheco, Angelim e outras localidades. Dentre outras ações necessárias para Tamoios. “Nossa ideia é somar e multiplicar. A gente vai estar junto. A única coisa que a gente quer é que Tamoios caminhe porque Tamoios tem um potencial muito grande”, finalizou.

Mais lidas da semana