Mídias Sociais

Cidades

Servidores da Educação não recebem e fazem novo protesto em Cabo Frio

Avatar

Publicado

em

 

Servidores municipais de Cabo Frio, que estão em greve por conta dos salários atrasados, fizeram uma manifestação em frente à Secretaria de Educação no fim da manhã desta quarta-feira (29). O clima no local ficou tenso, houve empurra-empurra e a Polícia Militar foi chamada. Uma professora chegou a se ferir e foi levada para o hospital.

O prédio ficou fechado depois do protesto, a Guarda Municipal ficou no local. Os servidores protestaram por conta do atraso nos pagamentos dos salários. O SEPE Lagos afirmou que não os manifestantes só saem da frente do prédio quando o salário de maio for pago. Eles estavam munidos com cadeiras de praia, para melhor se acomodarem.

Diretores de duas escolas municipais, a escola Tânia Ávila e a escola São Cristóvão, estiveram na sede da secretaria para entregar as chaves da unidade para a secretária Luana dos Santos. Eles alegam que por conta dos atrasos nos salários, os professores das suas escolas não têm mais condições de trabalhar.

A manifestação e a continuação da greve foi decidida em assembleia realizada na terça-feira (27). Participaram da assembleia profissionais da Educação e da Saúde. As duas categorias decidiram que só retornam ao trabalho quando o salário de maio cair na conta.

 

Mateus Marinho

Mais lidas da semana