Mídias Sociais

Cidades

Residências são maior foco de mosquito Aedes aegypti em Cabo Frio

Publicado

em

 

 

A Vigilância em Saúde Ambiental de Cabo Frio está em alerta para a possibilidade de proliferação do mosquito Aedes aegypti, que fica mais propícia nesta época do ano, devido as temperaturas elevadas e a umidade alta. De acordo com o setor, duas situações são mais preocupantes: Os focos nas residências e o descarte irregular de lixo.

Nesta semana, as equipes estiveram em um terreno na Rua Lourival Franco de Oliveira, no Jardim Esperança. No local foram encontrados lixo e inservíveis. A equipe realizou o tratamento larvário e acionou a Comsercaf para retirar o material e limpeza do terreno. Esse ambiente era considerado extremamente propicio a proliferação do inseto responsável por transmitir doenças graves como a Dengue e a Zika.

Segundo a coordenadora da Vigilância em Saúde Ambiental, Andreia Nogueira, cerca de 80% dos focos do Aedes aegypti estão dentro das residências. Andreia explica que a fêmea do mosquito vive em média 30 dias, e nesse período, deposita entre 1.000 a 4.000 ovos.

“A fêmea deposita os ovos em recipientes/locais próximos ou que contenham água limpa. O ciclo biológico do vetor (mosquito) ocorre em quatro estágios: ovo, larva, pupa e mosquito adulto, durante 3 a 8 dias”.

Para prevenir, a coordenadora orienta a limpar o quintal, jogando fora o que não é utilizado; tirar água dos pratos de plantas; colocar garrafas vazias de cabeça para baixo; cobrir tonéis, depósitos de água, caixas d’água e qualquer tipo de recipiente que possa reservar água; manter os quintais bem varridos, eliminando recipientes que possam acumular água, como tampinha de garrafa, folhas e sacolas plásticas; e escovar bem as bordas dos recipientes (vasilha de água e comida de animais, pratos de plantas, tonéis e caixas d’água) e mantê-los sempre limpos.

A Prefeitura ressalta que os agentes estão distribuídos nos bairros e atuando no esquema de mutirão em algumas localidades. Denúncias também podem ser feitas pelo telefone (22) 2644-7910.

Clique Diário

E. L. Mídia Editora Ltda
CNPJ: 09.298.880/0001-07
Redação: Rua Tupinambás 122 Gloria – Macaé/RJ

comercial@diariocs.com
(22) 2765-7353
(22) 999253130

Mais lidas da semana