Mídias Sociais

Cidades

Região dos Lagos se mobiliza pela despoluição da Lagoa de Araruama

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

 

Moradores da Região dos Lagos se reuniram em um protesto, no último sábado, 03, contra a poluição na Lagoa de Araruama. O ato aconteceu na Praia do Siqueira, em Cabo Frio, e reuniu cerca de 200 pessoas.

Os manifestantes deram as mãos como simbolismo a união em prol de salvar a lagoa, que é uma das maiores do mundo. Durante a ação também foram recolhidas assinaturas, que irão compor um documento, que deve ser entregue ao Ministério Público.

O protesto foi motivado por uma série de denuncias, que foram feitas nos últimos dias, através das redes sociais. Um morador chegou a entrar na lagoa e sair coberto de uma material denso e preto. Dentre outros diversos problemas divulgados.

Antes do protesto, a Câmara Municipal de Cabo Frio aprovou na sessão da última quinta-feira, 01, o Projeto de Resolução nº 070/2018 que cria a comissão especial para tratar de assuntos referentes à despoluição da Lagoa De Araruama.

A comissão formada por sete membros e com o apoio da Procuradoria da Casa terá a duração de 180 dias, podendo ser prorrogada, caso necessário. O objetivo é promover todas as ações necessárias com a finalidade de viabilizar debates públicos, técnicos e painéis de discussão envolvendo todos os segmentos da sociedade.

“A preservação do meio ambiente é uma necessidade imperativa dos nossos dias, pois, se fecharmos os olhos para os problemas atuais, corremos o risco iminente de inviabilizarmos o futuro de todas as gerações. A Lagoa de Araruama grita por socorro e esse grito atormenta a nossa consciência”, declarou a vereadora Leticia Jotta, autora da proposta.

Diante das denuncias, a Prolagos divulgou uma nota garantindo que está comprometida com a qualidade de vida em Cabo Frio e compartilha o anseio dos pescadores e moradores da Praia do Siqueira para ver a praia ambientalmente recuperada.

"Os investimentos nos sistemas de água e esgoto no município seguem um planejamento, com ações a curto e médio prazos, para não sobrecarregar a tarifa. O processo de desativação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) existente no bairro está programado para iniciar no próximo ano, com a ampliação da ETE Jardim Esperança, cujo processo passará de secundário para terciário, elevando o nível de eficiência do efluente com a remoção de nitrogênio e fósforo.

A ETE da Praia do Siqueira recebe esgoto gerado na maior parte do centro de Cabo Frio, que entra nas galerias pluviais e é captado pelos coletores operados pela Prolagos. Esses coletores, também conhecidos como cinturões, levam o esgoto para ser tratado e depois retornar ao meio ambiente sem prejuízos à natureza.

A Prolagos não limita suas ações às obrigações contratuais e vem buscando viabilizar um estudo hidrodinâmico de toda a Lagoa de Araruama. O estudo vai analisar como se dá o movimento das águas e os fatores que alteram essa circulação para renovação da água na lagoa, como áreas assoreadas, por exemplo. É um estudo caro que a Prolagos vai realizar e que será um legado para o poder concedente e instituições ambientais, que também poderão utilizar as informações em suas tomadas de decisões em prol da sustentabilidade, não somente na Praia do Siqueira, mas em todas as áreas banhadas pela lagoa.

Outro aspecto que influencia na recuperação da praia é a lama decorrente do aterramento feito no passado e de anos de despejo de esgoto in natura (até o ano de 2002 não havia coleta e tratamento de esgoto) e lixo que chegavam à praia, através das galerias de drenagem pluvial (água da chuva). Todo esse material foi se acumulado e formando um lodo. Esse lodo, por causa da baixa circulação de água nesse trecho da lagoa, não é levado pelas correntezas. Logo, é necessária a dragagem desse material. Essa é uma ação que exige a cooperação de diversas instituições da sociedade, como INEA (Instituto Estadual do Ambiente), Agenersa (Agência Reguladora de Energia e Saneamento Básico do Estado do Rio de Janeiro), Consórcio Intermunicipal Lagos São João, Comitê de Bacias Lagos São João, Governo Municipal, entre outros. A Prolagos, como um dos agentes, cuja atividades tem relação direta com a preservação da Lagoa de Araruama, está apoiando e participando de reuniões com pescadores e representantes do poder concedente para encontrar ações efetivas que levarão à recuperação da Praia do Siqueira.

 

 


 

Mais lidas do mês