Mídias Sociais

Cidades

Rede municipal de ensino de Macaé começa a receber mais de 5 mil alunos em 2017

Avatar

Publicado

em

 

Depois de duas fases de pré-matrícula, a Secretaria de Educação de Macaé anunciou nesta quarta-feira, 11, que a rede pública municipal de ensino deve ter mais de 5 mil novos alunos para o ano letivo de 2017.

O prazo para a efetivação das matrículas, que começou nesta quinta-feira, 12, vai até a próxima quarta-feira, 18, e deve ser feito nas escolas municipais onde os alunos ficarão alocados neste ano de 2017.

Para saber onde efetivar a matrícula, pais, responsáveis e alunos podem conferir o resultado pelo site da prefeitura, através do link, http://sistemas.macae.rj.gov.br:84/prematricula/default/prematricula/resultado.

Segundo a Secretaria de Educação, o município já atende toda a faixa etária obrigatória, acima de 4 anos, além de atende integralmente alunos na faixa de 3 anos, e cerca de 85% dos alunos abaixo de 2 anos.

“Os alunos, nesta faixa, que não estiverem com nomes incluídos no resultado oficial estão automaticamente em um cadastro reserva e os responsáveis não precisam comparecer à Secretaria de Educação para nova solicitação de vagas”, informou a pasta.

 

Efetivando a matrícula – A Secretaria de Educação informa ainda que para concluir a matrícula dos 5.478 novos alunos cadastrados, os interessados deverão comparecer às escolas municipais com, original e cópia da certidão de nascimento; certidão de casamento ou documento oficial que a substitua; original e cópia da carteira de identidade, para estudantes maiores de idade; foto 3x4; original e cópia da carteira de vacinação atualizada para Educação Infantil.
“Também devem ser fornecidos a declaração de escolaridade-protocolo em curso ou histórico escolar; comprovante de residência (recibo de conta de água, luz ou outra correspondência); original do laudo clínico, em caso do candidato necessitar de atendimento educacional especializado, além do cartão do Bolsa Família (todos com original e cópia)”, acrescenta a Educação, lembrando que todos os originais serão devolvidos no ato da matrícula, com exceção da declaração de escolaridade, protocolo em curso ou histórico escolar.
A pasta reforça que a o número de vagas oferecidas segue a previsão calculada pelo sistema informatizado para este ano letivo, mas ressalta que poderá alocar o candidato em outra unidade municipal, caso não existam vagas nas opções apresentadas pelos pais ou responsáveis.

Tunan Teixeira

Mais lidas da semana