Mídias Sociais

Cidades

Rato em restaurante gera confusão em Macaé

Avatar

Publicado

em

 

Almoçar em Macaé parece estar se tornando uma tarefa complicada. Quando o questionamento não gira em torno dos altos preços, é a higiene que entra em foco. Nesta semana, uma consumidora flagrou um rato dentro do salão de um estabelecimento no Centro da cidade.

De acordo com o relato da cliente, o roedor foi visto quando ela já havia terminado a refeição. “Sai do restaurante em choque. Eu já havia terminado minha refeição quando presenciei a cena de todos em pânico correndo, pois havia um rato debaixo da mesa. E estava próximo a mim. Levantei, não paguei minha conta e comuniquei a gerência. Isto é um risco a nossa saúde, pois se o salão está assim, imagina a cozinha?”, disse a estudante.

No entanto, o restaurante disponibilizou um vídeo onde é possível observar que o animal não estava no restaurante, mas entrou no horário de almoço. Um funcionário explicou que devido ao movimento intenso, o reboliço foi gerado porque as pessoas que não viram o rato entrando, pensaram que ele era do local.

“Eu vi quando o rato que estava na rua entrou no restaurante. Ficamos sem ação porque o restaurante tava com bastante gente, então as pessoas que viram depois pensaram que o rato era do local, e tiraram suas conclusões. Uma das clientes tentou ajudar falando para as outras pessoas exaltadas que o rato não era do local. A fiscalização foi lá horas depois, e com imagens da câmera provou que o rato não era do restaurante”, disse o funcionário.

Por meio de nota, o Restaurante Oriental informou que “o problema foi solucionado e que o rato veio da rua conforme consta no vídeo e pede desculpas a todos os clientes. A cozinha se encontra aberta para todos que quiserem visitá-la”.

 

 

 

Flávia Martins

Mais lidas do mês