Mídias Sociais

Cidades

Profissionais da Educação de Cabo Frio decidem continuar em greve por tempo indeterminado

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

Os profissionais da educação de Cabo Frio, decidiram na noite desta segunda-feira, 13, em assembleia, pela manutenção da greve, por tempo indeterminado.

De acordo com o Sindicato dos Profissionais da Educação - Sepe Lagos, o motivo da greve é o fato do salário da categoria está atrasado. Além disso, a categoria exige um calendário de pagamento, reajuste salarial e o pagamento de outros direitos como: triênios, enquadramentos, isonomia e insalubridade.

Ainda durante a assembleia ficou decidido que a categoria realizará um ato, às 15h, desta quinta-feira, 16, em frente a Prefeitura. A data foi escolhida, devido a audiência entre o Sepe Lagos e o Governo Municipal, agendada para acontecer no mesmo dia, às 16h.

Já nesta quarta-feira, 15, a categoria irá participar de um ano às 14h,    na Praça Porto Rocha, contra a Reforma da Previdência.

Uma nova assembleia será realizada somente na sexta-feira, 17, quando a greve poderá ou não ser encerrada.

Mais lidas da semana