Mídias Sociais

Cidades

Problema antigo dos moradores, água já chegou ao Lagomar, em Macaé

Avatar

Publicado

em

 

Ela chegou. Depois de 3 anos e meio de luta, os moradores do Lagomar, Ajuda de Baixo, parte da Ajuda de Cima e de todo o Jardim Franco já estão recebendo água encanada da nova rede ligada nesta quarta-feira, 28.

Nesta quinta-feira, 29, equipes da Prefeitura de Macaé e a CEDAE estiveram nas ruas do Lagomar para conferir reclamações de moradores sobre alguns pontos de vazamento, tamanha a pressão com que a água, antiga reivindicação dos moradores, está caindo nas torneiras do bairro.

Mas segundo Jairo Gomes, chefe do departamento técnico operacional da estatal, os vazamentos nos bairros ainda devem ser comuns, não apenas pela força da água, mas, principalmente pelo tempo em que a tubulação ficou parada.

“É normal. Foram mais de 3 anos de trabalho para a gente inaugurar essa linha, que passa pela Ajuda de Baixo, parte da Ajuda de Cima, Lagomar e todo o Jardim Franco. Essa linha esteve parada por muitos anos, e é normal que esses problemas aconteçam, e nós estamos trabalhando para corrigir isso e evitar o desperdício”, afirmou Jairo.

Ele explica ainda que, apesar dos boatos de que a água não seria própria para consumo, a água da CEDAE não tem qualquer problema, mas que, por recomendação da estatal, os moradores devem evitar o consumo nos primeiros dias, devido ao tempo que a linha ficou sem uso.

“Nossa recomendação é para a população deixe a água cair, deixe-a passar pela tubulação, até para limpar essa tubulação que ficou seca por tantos anos. É um procedimento normal, e a população não precisa se preocupar, até porque a água ainda não está sendo cobrada. Esse é um raro caso em que água chegou antes das equipes de cadastramento dos hidrômetros”, completa Jairo.

Feliz da vida, uma moradora do Jardim Franco, que preferiu não se identificar devido ao período eleitoral, diz que apesar das reclamações de alguns moradores, “a água está caindo desde quarta-feira sim, e está caindo com força”.

O chefe do departamento técnico operacional, porém, lembra que a população deve continuar tomando todas as medidas para evitar o desperdício, e garante que as equipes da prefeitura e da CEDAE continuarão trabalhando para resolver todos os problemas de vazamento, tanto no Lagomar, quanto nos bairros abastecidos pela nova linha.

Tunan Teixeira

Mais lidas da semana