Mídias Sociais

Cidades

São Pedro da Aldeia realiza fórum permanente para ususários do CRAS

Avatar

Publicado

em

 

Usuários do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) Antônio Paulino Souza, do Morro do Milagre, em São Pedro Aldeia, estiveram reunidos nesta quarta-feira, 13, durante a realização do II Fórum dos Usuários – Ação por Todos.

O evento debateu o tema ‘Mobilização do Sistema Único de Assistência Social’, e contou com a participação de usuários da unidade e também do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS).

O encontro foi ministrado pela psicóloga do CRAS, Maria Cristina Barbosa, e pela assistente social do Programa Bolsa Família, Caroline Barcellos. A Coordenadora do CRAS Morro do Milagre, Damaris Martins, explicou a iniciativa.

“O fórum é composto pelos usuários do equipamento, que trazem suas demandas para dentro da unidade. Existe uma comissão permanente e voluntária para dar continuidade ao trabalho, que é formada por quatro usuários que são muito participativos. Nosso objetivo com a ação é realizar encontros mensais para discutir questões da comunidade e esclarecer dúvidas, além de aproximarmos a população dos serviços oferecidos”, afirmou.

Para Neucenira Carvalho, uma das integrantes da Comissão Permanente e usuária do equipamento desde 2007, a realização do Fórum é de grande importância para o dia a dia da comunidade.

“Estamos realizando um trabalho de melhorias, somando forças com a equipe do CRAS para ajudar a comunidade. Estamos vendo o que cada um precisa, o que pode ser feito e trazendo para a coordenação. Nós encontramos muitas situações que podem ser solucionadas dentro da CRAS, mas nem todos conhecem os seus direitos, então estamos ajudando aqueles que precisam”, declarou a moradora do bairro Jardim Soledade.

Para o psicólogo do CAPS, Paulo de Souza Vieira, a participação constante dos usuários do equipamento nas atividades do CRAS é importante para reforçar a nova proposta de política pública da reforma psiquiátrica.

“A proposta da política pública com a reforma psiquiátrica é a inclusão daquela pessoa com transtorno mental à convivência em sociedade. Como profissionais da saúde inseridos no CAPS, é nossa função promover a inserção social dos usuários que frequentam nosso espaço. Por esse motivo, buscamos levá-los a diversos ambientes para que se familiarizem com toda a sociedade e também sejam percebidos como parte do cotidiano da cidade”, declarou.

Fazem parte da área de abrangência do CRAS Antônio Paulino de Souza os bairros Boa Vista, Bela Vista, Fluminense, Morro do Milagre, Jardim Soledade, Retiro e Estação. A unidade está localizada na Rua Iracy dos Santos, 7, no Morro do Milagre. A próxima edição do fórum acontece no dia 3 de agosto, às 9h.

Tunan Teixeira

Mais lidas da semana