Mídias Sociais

Cidades

Prefeitura de Cabo Frio disponibiliza atendimento telefônico gratuito para informações sobre o Covid-19

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

A Prefeitura de Cabo Frio lançou nesta terça-feira, 24, um número de atendimento telefônico gratuito para que a população possa obter todas as informações necessárias sobre o Covid-19. O contato poderá ser realizado a qualquer hora do dia pelo número 0800 022 1160.

A iniciativa, que integra o pacote de medidas do governo municipal para conter a disseminação da doença, servirá também como base de apoio para a população para esclarecimento de dúvidas acerca do coronavírus.

“Todos os esforços estão sendo empenhados, em ações coordenadas, para minimizarmos, ao máximo, os efeitos da pandemia em nosso município. Desde a última semana, o gabinete de gestão de crise se reúne e adota diversas medidas conforme as orientações e ajustes dos órgãos oficiais como o Ministério da Saúde e Secretaria de Estado. O início da operação da linha 0800 é mais uma iniciativa de combate à doença”, explicou o prefeito Dr. Adriano Moreno.

Desde que foi decretada a pandemia na quarta (11) pela Organização Mundial de Saúde (OMS), a Prefeitura expediu decretos em que limita e/ou suspende, e até mesmo proíbe, atividades em diversas áreas como permanência nas praias e praças públicas; atendimento presencial no comércio, em bares e restaurantes; quarentena; circulação de transporte público; passe estudantil, entre outras medidas. As suspensões e/ou proibições variam de 15 a 30 dias podendo ser prorrogáveis por iguais e sucessivos períodos.

No boletim atualizado divulgado pela Secretaria de Saúde nesta segunda, Cabo Frio registra 15 casos suspeitos de coronavírus, dos quais seis foram descartados e os demais seguem em investigação. Os exames são feitos no Laboratório Central de Saúde Pública Noel Nutels (Lacenn-RJ), instituição pública de saúde sob gestão da Fundação Saúde do Estado do Rio de Janeiro e vinculada tecnicamente à Subsecretaria de Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro.

 

Mais lidas da semana