Mídias Sociais

Cidades

Prefeitura de Búzios multa Prolagos por vazamento de esgoto na Orla Bardot

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

A Prefeitura de Búzios multou a Prolagos, Concessionária de água e esgoto da Região dos Lagos, por conta de um vazamento de esgoto, registrado no último fim de semana, na Orla Bardot. O caso também foi registrado na 127° Delegacia de Polícia como poluição e crime ambiental.

De acordo com a Prefeitura, a denúncia sobre o vazamento chegou a Secretaria de Meio Ambiente, que enviou uma equipe até o local e constataram o despejo de esgoto por transbordamento do bueiro com grande volume de detritos seguindo em direção ao mar.

A empresa foi acionada e enviou um caminhão para sugar o esgoto excedente da rede. E agora também terá que prestar esclarecimentos sobre o caso.

Ainda de acordo com a Prefeitura, o caso é reincidente. Recentemente a Prolagos foi multada pela Prefeitura pelo mesmo motivo, vazamento de esgoto na rede, no mesmo local. O fato fez com que a multa aplicada desta vez dobrasse de valor, passando de 20 mil UPFM (Unidade de Padrão Fiscal do Município) para 40 mil UPFM.

Serviços prestados pela Prolagos não estão- A Prefeitura de Búzios afirma que não está contente com os serviços prestados pela empresa. O secretário de Meio Ambiente e Pesca, Hamber Carvalho, tem cobrado incisivamente um novo posicionamento da empresa em relação ao esgoto. Falando em nome do prefeito e de toda a população de Búzios, ele discursou na última Audiência Pública da Prolagos, realizada no dia 22, em São Pedro da Aldeia, destacando a disparidade da proposta da Prolagos em apresentar a 4ª revisão tarifária quinquenal do contrato de concessão, sem contemplar Búzios com a rede separativa de esgoto nos bairros localizados na parte continental da cidade.

"Como uma população que vive de seu ativo ambiental que são as praias, que tem sua economia baseada no turismo, pode aceitar esgoto jorrando no mar? E ainda pagar aumento de tarifa? Como vamos passar mais cinco anos com coleta a tempo seco, se hoje este tipo de solução já não serve mais?", questionou o secretário.

Para a Prefeitura de Búzios a questão principal é a necessidade urgente de posicionamento da Prolagos. A empresa deve se manifestar no sentido de iniciar um projeto de coleta em rede separativa de esgoto, para a parte continental do município, bem como prestar um serviço de excelência na manutenção das redes existentes, evitando acidentes que são verdadeiros crimes ambientais que ameaçam a natureza e a economia de Búzios.


 

Mais lidas do mês