Mídias Sociais

Cidades

Prefeitura de Arraial do Cabo ainda não irá flexibilizar medidas de prevenção ao Covid-19

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

A Prefeitura de Arraial do Cabo decidiu que ainda não é o momento de flexibilizar as medidas de prevenção ao Covid-19. Com isso, será mantido pelos próximos dias o decreto municipal que determina o fechamento do comércio e suspende as atividades turísticas.

A decisão foi tomada pelo Prefeito Renatinho Vianna após uma reunião por teleconferência com os promotores André Navega e Vinícius Lameira, do Ministério Público. Participaram também, representantes da Saúde, Segurança Pública, Turismo, Procuradoria, Associação Comercial e Industrial (ACIAC) e Associação de Turismo (ATAC).

De acordo com a Prefeitura para que a retomada das atividades aconteça, o município precisa apresentar um relatório com todas as informações técnicas como os índices na cidade, que levam em conta o número de vagas, internações, casos confirmados e mortes. O planejamento será baseado nos dados quantitativos e qualitativos, para que desta forma, seja avaliado e aprovado pelo Ministério Público.

De acordo com o Prefeito Renatinho Vianna, todo o processo será realizado seguindo as recomendações do MP. “Tenho total consciência que o desgaste é muito grande para a economia local, mas não podemos nos precipitar e colocar a vida dos munícipes em risco. Entendemos todas as dificuldades enfrentadas pelos setores envolvidos, mas vamos seguir as orientações, para que tenhamos um resultado positivo ao final da pandemia. Mesmo que nossa cidade ainda tenha um dos menores índices da doença na Região dos Lagos, optamos por ter cautela. Não existe uma data definida para que a flexibilização aconteça”, reforçou Renatinho.

 

Arraial do Cabo segue com o menor número de casos confirmados

 

O município de Arraial do Cabo segue invicto como a cidade com menor número de casos confirmados de Covid-19 na Região dos Lagos. No último boletim, haviam 54 pacientes diagnosticados com o vírus, destes 33 já estão curados. Também há nove óbitos registrados.

Mais lidas da semana