Mídias Sociais

Cidades

Placas de óleo encontradas em praias da Região dos Lagos podem ser oriundas de limpeza de embarcações

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

As placas de óleo encontradas em praias das cidades de Cabo Frio, Búzios e Arraial do Cabo, ainda não foram analisadas, mas a principal hipótese é que tenham sido oriundas da limpeza de embarcações nas proximidades.

A aparição da mancha mobilizou os órgãos ambientais como Inea, ICMBio, Ibama e o CAT da Marinha do Brasil, que estão nas cidades afetadas tentando apurar a origem do material encontrado. O ministério Público Federal esteve vistoriando a área afetada pela mancha e deve se pronunciar em breve.

O secretário de meio ambiente de Búzios, Hamber Carvalho, foi o primeiro a se pronunciar sobre o fato. Ele acredita que o material não seja óleo cru, vindo das plataformas, e sim, material proveniente de limpeza de tanques de grandes embarcações. Porém, o secretário continua em contato direto com os órgãos competentes para investigar o caso.

Até o momento, a cidade de Arraial do Cabo foi a mais afetada. O Secretário Municipal do Ambiente, Arildo Mendes, também fez uma primeira análise visual do material, e afirma que as equipes trabalham com a hipótese de que o óleo seja de alguma plataforma móvel que operou ou esteja operando próximo a costa da região. "A Capitania dos Portos e a Agência Nacional de Petróleo também foram informadas da situação para que haja apuração para sabermos de onde veio esse óleo", completou.

Em Cabo Frio, as placas apareceram em pequenas proporções, porém o coordenador de Meio Ambiente, Mario Flavio Moreira, também acredita de hipótese compartilhada pelos demais gestores.

"Provavelmente, esse material é resultado da limpeza dos porões de um rebocador ou de um navio plataforma, que inclusive foram avistados nas imediações do nosso litoral”, afirmou o coordenador.

O INEA reforça que as praias afetadas não estão interditadas e que foram isoladas apenas para a limpeza da areia, pois o material possui alta aderência e quando, em contato com a pele, tecido ou objetos, a remoção só é feita com óleo vegetal.

 

Mais lidas do mês