Mídias Sociais

Cidades

Moradores da Lagoa e Praia do Pecado, em Macaé, criam campanha Cata Caca

Daniela Bairros

Publicado

em

 

Segundo a presidente da Associação de Moradores do Vivendas da Lagoa e representante da Associação da Praia do Pecado, ação visa conscientizar donos de cães, ao passear principalmente pela orla da praia, que recolham as fezes dos animais.

Você é daqueles donos de cachorro que ao sair com seu cão recolhe as fezes deixadas pelo seu bicho de estimação? Se não, já imaginou pisar na caca deixada pelo seu cãozinho? Em algum momento, já presenciou tal situação e reclamou? Em Macaé, os moradores da Praia do Pecado e Lagoa  se mobilizaram e criaram a campanha Cata Caca.

Segundo a presidente da Associação de Moradores  do Vivendas da Lagoa e representante da Associação de Moradores da Praia do Pecado, Mônica Canellas, a ação visa conscientizar donos de cães, que ao saírem para passear com seu animal, principalmente pela orla da praia, que recolham  as fezes deixadas por eles. Ainda segundo ela, a campanha, que também tem o intuito educativo, contou com a parceria de comerciantes locais, da cantora Kynnie Willians, que gravou uma música educacional da campanha,  e da iniciativa privada.  “Com uma parceria público-privado, Mania de Bicho, Prefeitura de Macaé, Associação de Moradores do Bairro Vivendas da Lagoa e uniram para lançar a campanha, com o objetivo de conscientizar a população de Macaé e visitantes sobre a importância de recolher as fezes do animal”, explicou.

Funcionárias da empresa Limpatech de Macaé, diariamente, distribuem folhetos explicativos sobre o Cata Caca. “Durante todo o verão, na orla da Praia do Pecado, uma equipe uniformizada está entregando sacolinhas e flyers com muitas orientações. A população é informada sobre os riscos de contrair doenças que o contato com as fezes pode causar em animais e humanos. Além disso, é muito importante lembrar que é um grande desrespeito com quem utiliza o espaço público”, salientou Mônica.

Quem passa pela orla do Pecado, logo vê que foram fixados, em três pontos, dispositivos de sacolinhas gratuitas. “A ideia é educar e motivar as pessoas para que elas continuem usando depois que o período da campanha acabar. Além disso, foram instaladas placas educativas, adesivos nas lixeiras  e está sendo realizada também uma grande campanha educativa nas redes sociais de todos os apoiadores”.

Doenças de pele que podem ser transmitidas pelas fezes do cachorro

Segundo o médico dermatologista Cláudio Guimarães, os humanos podem adquirir dois tipos de doenças principais de pele, quando tem o contato com fezes de cachorro. “Se as fezes tiverem contaminadas por um parasita, pode-se adquirir a larva migras ou bicho geográfico, mas a doença é tratável e curável, além de micose da pele. Por isso, a campanha Cata Caca é muito importante”, salientou.

A campanha Cata Caca teve como patrocinadores: Mania de Bicho, Prefeitura Municipal de Macaé, Vivendas da Lagoa AMVIL, AAMGAR Associação de Moradores, Sepsacz, Instituto Vida Animal, Rhia Festas, Armazém Offshore, Ciona Pneus, Marinho Ideas e Qualificada Comunicação Visual.

Em breve, a campanha será iniciada  também na orla da Praia dos Cavaleiros.

Crédito: Divulgação

 

 

 

Mais lidas da semana