Mídias Sociais

Cidades

Menos de 30% dos alunos de Cabo Frio participam de questionário para mapeamento tecnológico

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

Menos de 30% dos alunos da rede municipal de Cabo Frio responderam ao questionário realizado pela Secretaria de educação com o intuito de montar um mapeamento tecnológico. O levantamento servirá de base para as futuras ações pedagógicas e políticas públicas da Secretaria Municipal da Educação.

“Com a obtenção desses dados, uma comissão especial será montada para ajustar as medidas que serão tomadas após a pandemia. Serão convidadas para participar da comissão representantes da Câmara Municipal, Secretaria de Saúde, Conselho Municipal de Educação, Comissão de Diretores, Sepe Lagos e Conselho Tutelar”, disse o secretário de Educação, Ian de Carvalho.

Segundo a Prefeitura, dos 31.953 estudantes matriculados, apenas 9.201 responderam o questionário sobre a conexão à internet e uso da ferramenta na rotina de estudos. A pesquisa foi realizada entre o dia 11 e a última sexta-feira, 29 de maio.

“A pouca adesão dos estudantes à pesquisa já é um indicativo forte de que nossos alunos não possuem suporte adequado para realização de aulas na modalidade de Ensino à Distância (EAD). Desde o início da pandemia, defendemos que todas as ações da pasta devem contemplar todos os integrantes da rede, respeitando o ideal de equidade e universalização do ensino”, afirmou a secretária-adjunta de Educação, Thaís Santiago.

Do público participante, 89,9% afirmaram ter acesso à internet em casa. Em 75,4% dos casos, a conexão é feita via cabo com wi-fi, seguido por aqueles que usam 3G/4G pré-pago (8,3%) e pós-pago (5,8%). Outras maneiras de acesso representaram 8,6% das respostas.

Sobre os equipamentos utilizados, 91% informaram que o acesso é feito pelo celular. Atrás fica o notebook com 20% dos entrevistados, a Smart TV com 18%, os computadores com 13% e o tablet com 7%.

Cerca de 38% dos alunos usam a internet por de 4 horas por dia, seguidos por aqueles que utilizam apenas por 1h (24,7%) e os que permanecem por mais de 2h (20,3%). Aproximadamente 79% afirmaram ter habilidade na navegação.

O formulário contou com a participação de alunos das 90 unidades escolares da rede. O maior engajamento foi de estudantes dos 7º ano (10,6%), 8º ano (10,5%), 6º ano (9%) e 9º ano (8,4%). Cerca de 54% dos entrevistados estudam no turno da manhã.

Mais lidas da semana