Mídias Sociais

Cidades

Macaé perde o jornalista Martinho Santafé, vítima de câncer

Bertha Muniz

Publicado

em

 

Morreu aos 67 anos, nesta terça-feira (5), em Campos dos Goytacazes, o jornalista, Martinho Santafé. Ele lutava contra um câncer desde o ano passado. Também poeta e artista plástico, Martinho criou em 2005, junto com a esposa, a publicitária Bernadete Vasconcellos a revista Visão Socioambiental e, em seguida, a primeira Feira de Responsabilidade Socioambiental, evento que entrou para o calendário da Bacia de Campos.

Sua carreira teve passagens pelas redações dos principais jornais da região, desde a década de 1970 quando desembarcou em Campos como correspondente do Jornal O Fluminense. De lá, passou pela Folha da Manhã (onde foi editor chefe e publicava artigos até os dias atuais), Jornal A Cidade, O Debate além de fazer correspondência com vários jornais da capital, em matérias do segmento offshore. Macaé sente a perda de mais uma parte de sua história.

O corpo de Martinho será velado na capela Santa Casa e o sepultamento acontece no Cemitério do Caju, em Campos, nesta quarta-feira (6). O horário ainda não foi divulgado pela família.


 

Mais lidas do mês