Mídias Sociais

Cidades

Macaé não recebe nenhum centavo de participação especial de royalties no último trimestre

Avatar

Publicado

em

 

Apesar das seguidas tentativas da oposição de convencer a opinião pública de que não existe crise, a divulgação da planilha de repasses de participação especial de royalties do último trimestre aponta justamente o contrário.

Para se ter uma ideia, em maio Macaé e Búzios - duas das principais cidades da Região - não receberam nenhum centavo destes recursos. Diferente de prefeituras como as de Campos, Rio das Ostras, Cabo Frio e Casimiro, os dois municípios terão que criar outras formas para gerir serviços públicos.

Na prática, isso significa menos dinheiro nos cofres públicos sem que tenha havido redução em demandas sociais. Nos casos de Macaé e Búzios, aliás, o contrário é fato: a cada mês, o número de atendimentos nos hospitais municipais só aumenta, bem como a necessidade de vagas em escolas e creches.

Em Macaé, o Governo Municipal ainda mantém programas sociais importantes como a passagem a R$ 1 - que facilita a vida do cidadão e alivia o bolso do empregador.

Não à toa, muitas administrações municipais tem buscado se beneficiar da Resolução 43, de autoria do senador Marcelo Crivella (PRB), que garante aos municípios a possibilidade de antecipação de royalties para serem investidos em obras.

Entretanto, ao que parece, em toda a região o discurso da oposição está em sintonia, transformando em realidade a máxima do "quanto pior, melhor".

Mais lidas da semana