Mídias Sociais

Cidades

Lojistas e empresários lançam campanha "Natal Luz Macaé"

Avatar

Publicado

em

 

Da redação

Lojistas e empresários marcantes eventos na história da cidade na década de 90, tendo a a sua última edição ocorrida em 2002, à época sob a realização da Associação Comercial e Industrial de Macaé, ainda na gestão do ex-presidente Erodice Gaudard, ocorrida por oito edições, que além de incentivar o culto aos festejos natalinos nas suas diversas vertentes sociais, religiosas e comerciais, presenteou o consumidor macaense com oito carros 0Km, seis motos e presentes.

A campanha tem o objetivo de incrementar o comércio local, cultuar os festejos natalinos, além de conscientizar a população e que no Natal, o consumidor macaense só tem a ganhar, já que os lojistas disponibilizaram inúmeros presentes e qualquer pessoa poderá participar, gratuitamente, mediante preenchimento de formulários disponíveis nos estabelecimentos participantes.

A campanha Natal Luz Macaé realizará uma ação cultural, promovida pelo comércio da cidade, nos mesmos moldes das campanhas realizadas anteriormente.

Segundo o produtor da nova edição do Natal Luz, Santiago César, a campanha de 2019 terá pontos fixados no centro comercial de Macaé, com ornamentações criativas e atrativas.

Segundo o empresário Leo Ribeiro, o culto aos festejos natalinos, além de promover o comércio local, fortalece os preceitos cristãos e familiares na comunidade. A empresária Márcia Barbosa salientou que quem visitar o comércio de Macaé durante a campanha se surpreenderá com o encanto de tantas novidades. Já executiva Tais, do grupo Resumo da Moda adianta, serão realizadas ações permanentes com a presença constante do Papai Noel.

O comércio de Macaé, neste período de final de ano, espera, segundo fontes da CNC, uma uma projeção de que o faturamento deve crescer 5% em relação a 2018. Os dados fornecidos pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) são ainda mais animadores. Numa pesquisa realizada com 1,1 mil varejistas, 58% acreditam que as vendas deste fim de ano vão crescer em comparação com 2018. E a alta média esperada por eles é de 17%. É orientado nesse cenário de retomada econômica que o presidente da CDL-Macaé, Luis Henrique Fragoso, acredita que os respectivos resultados são corroborados pela momento positivo advindo da liberação dos recursos do FGTS e do PIS/Pasep, como também, da redução da taxa Selic, atualmente em 5%, que regula taxas bancárias, financiamentos e juros do cartão de crédito, além da própria manutenção do controle inflacionário, que evita que o poder de compra seja corroído. "Tudo isso deve ajudar a aquecer o consumo", afirmou o presidente da CDL-MACAÉ. Na mesma linha, o presidente do Sindicato do Comércio Varejista - SINCOMACAÉ, Max de Freitas, acrescentou que toda essa boa expectativa e otimismo refletem na maior geração de trabalho e distribuição de renda, uma vez que no período são gerados centenas de vagas temporárias.

O regulamento da campanha, bem como a relação dos estabelecimentos participantes e os presentes estarão disponíveis na página do Comércio Forte Macaé, no facebook e instagram.

A ação cultural conta com o apoio do jornal O Diário, CDL-Macaé, SincoMacaé, OAB-RJ, Prefeitura Municipal de Macaé, Secretaria de Cultura e Centro Cultural do Legislativo.

Crédito: Divulgação

Mais lidas da semana