Mídias Sociais

Cidades

Livros são abandonados em antiga biblioteca de Tamoios, distrito de Cabo Frio

Avatar

Publicado

em

 

Parece que o município de Cabo Frio continua na contramão das soluções. A Biblioteca de Tamoios, que existia em anexo ao poliesportivo não só está de portas fechadas a mais de um ano, como mantem diversos exemplares literários dentro do espaço, sem nenhuma utilidade.

Para quem é a amante de livros, esse cenário é considerado um crime. “Vivemos em um mundo que valoriza cada vez menos a importância de uma boa literatura, parece que as pessoas não entendem a importância de uma livro. Através da leitura embarcamos em um novo mundo, o do conhecimento, que traz benefícios indescritíveis. Me dá uma dor no coração saber que poderíamos ter uma biblioteca aqui, incentivar nossas crianças e jovens, e que esse espaço está totalmente abandonado”, comenta Glaziely Alves, que é uma apaixonada por livros.

O pensamento similar é compartilhado por Lenon Castro, que sempre sentiu falta de um espaço em Tamoios, que incentivasse a cultura. “Infelizmente, nosso distrito sempre foi esquecido. Não temos um teatro, um museu, ou qualquer tipo de espaço que valorize a cultura. Eles costumam dizer que aqui ninguém procura esse tipo de espaço ou coisa assim, mas isso nada mais é que uma grande desculpa. Quando eu estudava, vivíamos na biblioteca da escola, por menor que fosse, eu e mais alguns amigos estávamos sempre por lá, na época não tinha condições de comprar livros e ficávamos lá aproveitando o que aquele espaço tinha para oferecer. É tudo questão de oportunidade”, lembrou o ex-estudante da rede municipal de Cabo Frio.

No início do atual mandado, houve uma reorganização do espaço, mas, não muito tempo depois a tal crise chegou, e agora o espaço está fechado sem previsão para retornar o funcionamento tantos das atividades culturais, quando da biblioteca.

 

 

Problema não existe só em Tamoios – No primeiro distrito, a falta de um espaço voltado para a literatura também existe. EM 2013, o vereador Dr. Adriano solicitou a construção de uma nova biblioteca municipal, o que não foi aprovado pelo Poder Executivo.

“Apesar de existir uma biblioteca municipal, que passou por reformas, o espaço se encontra defasada, estruturalmente e academicamente e a construção desse novo espaço poderia resolver o problema”, destacou Adriano.

 

Mais lidas da semana