Mídias Sociais

Cidades

Idosos sofrem para conseguir marcar consulta em posto do Santo Antônio, em Tamoios

Avatar

Publicado

em

 

Depois de mais de quinze dias sem marcação de consultas, na última semana, os postos de saúde de Tamoios, em Cabo Frio voltaram a disponibilizar vagas para atendimento. Porém, a demanda que já era grande ficou ainda maior e conseguir uma vaga exige muito esforço, inclusive, para os idosos. Nesta quarta-feira, 20, uma fila enorme se formou na porta da unidade de Santo Antônio, e muita gente saiu sem uma resposta positiva.

Para os idosos, a marcação de consulta acontece ás quartas-feiras, das 9 horas ao meio dia, mas segundo os pacientes, tem que chegar cedo para conseguir vaga. Vera Lúcia é um dos exemplos, segunda ela, está com um exame feito desde fevereiro, mas ainda não conseguiu marcar uma consulta para mostrar os resultados ao médico. “Vou tentar uma médica que atende em uma Igreja do bairro, porque daqui a pouco o exame não serve mais e até hoje não consegui marcar consulta. As vagas acabam muito rápido”, contou.

Sandra, que também estava na fila vive uma situação similar. Ela precisa fazer uma cirurgia e fez os exames pela rede privada, já que o tempo de espera para ter os resultados pela rede pública, inviabilizaria sua operação. “Eles falam de nove horas ao meio dia, mas são poucas vagas. A gente fica na fila, as vagas acabam e temos que voltar para este mesmo sofrimento na semana seguinte. Eles deveriam ao menos marcar para outra semana, já que estamos aqui”, criticou a paciente.

Elas não foram as únicas que voltaram para casa sem conseguir a tão esperada marcação. Conforme as vagas de cada especialização iam acabando, um grupo de idosos sai da fila, desolados com a ideia de ter que retornar na próxima semana.

De acordo com o quadro de aviso do posto, haviam nove vagas para oftalmologista, 10 para cirurgião, seis para ginecologista, 17 para ortopedista, nove para dermatologista, 15 otorrino, 12 psiquiatria, 14 neuro, 12 urologista, 40 para Cardio, 15 para clínico e 15 para nutrição;

 

Mais lidas da semana