Mídias Sociais

Cidades

Grupo SOS! Saneamento Básico entra com ação no MP para fazer a revisão do contrato de Búzios com a Prolagos

Avatar

Publicado

em

 

Após as fortes chuvas de 2013, em Búzios, que deixou a cidade debaixo d’água, um grupo chamado SOS! Saneamento Básico foi criado nas redes sociais. O intuito do SOS! na época, era receber denúncias referentes ao saneamento e esgoto da cidade.

Em abril de 2016, o grupo “saiu” da internet e virou um órgão de ativo de entidades e pessoas que resolveram ampliar os debates, elegendo duas prioridades, que correm paralelas, em termos de importância. Entre as entidades que fazem partes estão Associação de Moradores da Marina, Associação de Hotéis e moradores.

O Viva Búzios fez uma pesquisa com cerca de 4000 pessoas na cidade buziana e detectou que 90% delas acham o saneamento o maior problema do município.

Uma das prioridades do grupo é a revisão do contrato da concessionária Prolagos, que foi assinado há 20 anos, onde não havia um Plano Nacional e Municipal de saneamento e que vai até o ano de 2041. No Plano Nacional de saneamento prevê que os contratos das licitações sejam revistas de cinco em cinco anos, coisa que nunca aconteceu, segundo o SOS.

Ainda segundo o SOS, a Prolagos faz a coleta de esgoto seco de forma irregular na cidade, fazendo mal a natureza e deixando um cheiro ruim para quem passa por alguns pontos de Búzios.

O SOS entrou com pedido de revisão do contrato através do Ministério Público, pedindo a intermediação do MP. Que o MP faça as revisões do contrato e tornando público.

 

Mais lidas da semana