Mídias Sociais

Cidades

Gás de cozinha aumenta 9,8%, a partir da próxima terça-feira (21)

Publicado

em

 

 

 

Bertha Muniz

 

Entra em vigor na próxima terça-feira (21), o reajuste de preços do gás para uso residencial (GLP P-13) que são vendidos em botijões até 13 kg. A medida partiu da Petrobras, que aumenta 9,8% em média, os preços praticados sem junção de tributos. O aumento no valor anunciado não se aplica ao gás destinado a uso industrial, informou a estatal. A correção feita pela Petrobras nas refinarias pode ou não se refletir no preço final ao consumidor. Isso dependerá de repasses feitos especialmente por distribuidoras e revendedores. Se for integralmente repassado aos preços ao consumidor, a companhia estima que o botijão de GLP P-13 pode subir 3,1% ou cerca de por botijão, isso se forem mantidas as margens de distribuição e de revenda e as alíquotas de tributos, afirmou a Petrobras. O último reajuste aplicado pela estatal foi feito em 1º de setembro de 2015. Ao aumentar o custo nas refinarias, a estatal espera recuperar ao menos uma parte do preço, em razão da defasagem acumulada nos últimos anos, não apenas com a inflação, mas do próprio valor praticado pelo mercado.

Mais lidas da semana