Mídias Sociais

Cidades

Empresários lançam campanha “Assim que se ama Macaé”

Daniela Bairros

Publicado

em

 

Da redação

Lojistas e empresários macaenses, durante encontro ocorrido no último dia 5, lançaram a campanha “Assim que se ama Macaé”, uma ação cultural para o mês de junho, com iniciativa do grupo de empreendedores Comércio Forte, que já está na segunda edição do projeto “Macaé: Comércio e Cultura Fortes”.

A campanha tem como objetivo, além de incrementar o comércio local, conscientizar a população sobre a importância de se valorizar tudo aquilo que está vinculado à cidade, como os pontos turísticos, história, tradições e manifestações artísticas e culturais.

Qualquer cidadão residente e domiciliado na cidade de Macaé interessado em participar desta campanha premiada, de cunho cultural promovida pelo comércio da cidade, poderá procurar um dos estabelecimentos participantes e se inscrever. O prêmios serão uma estada, com acompanhante, no Hotel Fazenda Bom Viver no Sana, uma estada, com acompanhante, no Hotel Royal Macaé e um jantar para duas pessoas no restaurante Ô Zé Gastronomia, na orla da Praia dos Cavaleiros.

Os formulários de inscrição disponibilizados pelos  estabelecimentos e instituições da cidade poderão ser preenchidos independente de qualquer compra.

Os três contemplados ou contempladas serão conhecidos no próximo  dia 27, a partir das 19h30 no Auditório do Museu da Câmara Municipal,  que fica na Avenida  Rui Barbosa, 196, Praça Gê Sandemberg, no Centro.

A campanha “Assim que se Ama Macaé”  tem o apoio cultural do jornal O Diário Costa do Sol, de diversos meios de comunicação, como também, da CDL-MACAÉ, SINCOMACAÉ, OAB-RJ, Secretaria de Cultura e Museu do Legislativo, Hotel Fazenda Bom Viver, Hotel Royal, Ô Zé Gastronomia. Outras  informações, acesso ao regulamento da campanha e lista de estabelecimentos comerciais participantes, podem ser conferidas por meio  da página Comércio Forte Macaé no Facebook.

Segundo o regulamento, a campanha destina 10% sobre o total das contribuições dos lojistas para uma instituição da cultura local. A primeira instituição será a Sociedade Musical Lyra dos Consipiradores, que utilizou o recurso para ajudar na realização de pintura de um dos seus salões.

Crédito: Divulgação

 

 

Mais lidas da semana