Mídias Sociais

Cidades

Empresário de Cabo Frio é vítima de golpe que utiliza o nome do Procon

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

O Procon de Cabo Frio emitiu um comunicado alertando comerciantes e consumidores sobre um golpe, que está sendo aplicado em todo o Estado do Rio de Janeiro, utilizando o nome do Órgão. No município Cabo-friense, um empresário, proprietário de um restaurante no bairro passagem, foi uma das vítimas.

De acordo com a coordenadora do órgão estadual de Defesa do Consumidor, Mônica Boniolli, o comerciante informou ao Procon que há cerca de dez dias ele recebeu o telefonema de um homem que se identificou como fiscal da instituição. Após informar que haveria uma fiscalização prometeu deixar o restaurante fora da “inspeção” se o dono do estabelecimento pagasse a quantia de R$ 1.500 ao Procon.

O falso fiscal informou ainda o número de uma conta na Caixa Econômica Federal em nome de Anderson L. Oliveira para que fosse feito o depósito. Ao receber a denúncia, a coordenadora Mônica Boniolli afirmou que o Procon não avisa os locais quando eles serão fiscalizados e que em hipótese alguma pede valores aos empresários para evitar vistorias. A coordenadora pede que aos comerciantes não aceitem aproximações desta natureza.

“Nunca deem dinheiro a ninguém que se apresente em nome do Procon. Ao contrário, denunciem e chamem a polícia. O órgão não cobra para evitar que qualquer estabelecimento seja fiscalizado”, orientou a coordenadora.

O Procon de Búzios também emitiu uma comunicado nesta semana, alertando os empresários da localidade  sobre o golpe.

De acordo com as investigações, uma quadrilha que atua no Estado do Rio e vem extorquindo proprietários em várias cidades do Estado.

O Procon disponibilizou dois números para receber denúncia da população: (22) 2645.4799 ou (21) 2216.8686


 

Mais lidas do mês