Mídias Sociais

Cidades

Em Carapebus, reunião celebra implantação de Parque Aquícola

Avatar

Publicado

em

 

Evento ocorreu na Escola Salim Selem, com a presença da prefeita Christiane Cordeiro e demais secretários da administração local.

Da redação

Depois da implantação da Sala do Empreendedor, a Prefeitura de Carapebus deu mais um passo no sábado,  30 de março, para fomentar a economia do município, com a celebração da Minuta do Termo de Intenção do Parque Aquícola, que é a criação de peixes em cativeiros, em parceria com o governo do Estado do Rio, por meio da Secretaria de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento e o Governo Municipal.

A solenidade foi na Escola Salim Selem, onde a prefeita Christiane Cordeiro, recebeu o Secretário , de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento do Rio de Janeiro, Eduardo Lopes,  o assessor especial Jaime Marino, o presidente da Fundação Instituto de Pesca do Estado do Rio de Janeiro – FIPERJ- , Vicenildo Medeiros, além da vereadora de Carapebus,  Tânia Cabral, a presidente da Colônia de Pescadores Z20,  Virgimar Magalhães, e ainda secretários de Agricultura e vereadores de outros municípios do Norte do Estado.

Segundo o presidente da FIPERJ, a implantação do Parque Aquícola, vai gerar empregos e fomentar a  economia do Estado, além desenvolver os municípios. O secretário de Governo de Carapebus, Eduardo Cordeiro, que quando foi prefeito de Carapebus  implantou projeto de piscicultura no município, também ressaltou a implantação do parque.  “Vai contribuir com a redução do desemprego e alavancar a economia do Estado”.

“Para a prefeita de Carapebus, é mais  uma opção para o desenvolvimento sócio- econômico de Carapebus. “ Temos que buscar parcerias e alternativas para gerar empregos e fortalecer o município”, ressaltou.

O Secretário de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento do Estado, Eduardo Lopes, além de enfatizar a importância da implantação do Parque Aquícola, que terá produção de alta escala de peixe, beneficiamento e comercialização, anunciou também novos projetos que irão oxigenar a agricultura do interior do Estado, como o “Estradas da produção”, que visa escoar a produção agrícola dos produtores dos municípios e a renovação do contrato com o Banco Mundial para retornar com o Rio Rural. “Vamos reativar o Rio Rural, o nosso Estado merece dias melhores e terá”, afirmou o secretário.

Crédito: Divulgação

 

Mais lidas do mês