Mídias Sociais

Cidades

Demandas de Cabo Frio para o plano verão serão apresentadas ao prefeito na próxima semana

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

A comissão formada para planejar o funcionamento do verão de Cabo Frio realizou nesta quinta-feira, 01, mais uma reunião para tratar dos preparativos. As demandas levantadas serão apresentadas para o prefeito, Adriano Moreno, na próxima semana, após seu retorno da viagem à China.

Participaram da reunião representantes das secretarias de Turismo, Mobilidade Urbana, Desenvolvimento da Cidade; das coordenadorias de Posturas, Ordem Pública, Meio Ambiente, Serviços Públicos; da Procuradoria-Geral; da Comsercaf e do gabinete do prefeito.

No início da reunião, o secretário de Governo, Eduardo Monteiro, que está à frente da Comissão de Verão, falou que os preparativos estão dificultados por conta da delicada situação financeira do município, que apenas no mês de outubro teve mais de R$ 25 milhões bloqueados judicialmente de suas contas, para o pagamento do programa de refinanciamento do Governo Federal (Refis) e de precatórios.

Na reunião, também foi levantada a necessidade da aquisição de placas de sinalização e do conserto de calçadas e rampas; poda de árvores e conserto de bancos de praças, entre outros serviços.

Após o aval do prefeito para as demandas das secretarias e coordenadorias, a comissão irá convocar a sociedade civil para participar do planejamento, incluindo as forças de segurança, como a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros.

“Estamos à frente do governo há cerca de três meses, tentando solucionar os muitos problemas que encontramos. Nessa preparação para o verão, cada um está apurando a situação real de sua secretaria, suas necessidades e como aplicar soluções em conjunto para minimizar os problemas decorrentes do aumento da população na cidade durante o verão, para que tenhamos um período de alta temporada mais tranquilo possível”, comentou Eduardo Monteiro.

No próximo dia 8, uma audiência pública está marcada para às 9h, na Associação Atlética Cabofriense, para tratar do ordenamento e da limpeza das praias durante o verão, com a participação de representantes governamentais e de vendedores ambulantes. O processo de debate está sendo mediado pelo Ministério Público Federal.

“Essa comissão tem grande importância para a organização de ações de prevenção, visto que o verão é o período em que as demandas aumentam devido ao aumento do fluxo populacional. No caso da Postura, isso se reflete em ambulantes “flutuantes”, que prejudicam o acesso dos banhistas às praias. Vamos trabalhar em conjunto com outras secretarias para que tenhamos um verão tranquilo”, disse o representante da Coordenadoria de Posturas, Jamir Corrêa.

A previsão é que a operação especial programada para atender as demandas da alta temporada inicie no dia 15 de dezembro.

 


 

Mais lidas do mês