Mídias Sociais

Cidades

Classificação preliminar do Processo Seletivo da Secretaria de educação de Cabo Frio é divulgada

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

A Secretaria Municipal de Educação de Cabo Frio divulgou a classificação preliminar do Processo Seletivo Simplificado realizado pelo município com o intuito de preencher as necessidades temporárias da Rede Municipal de Ensino, com oportunidades para docentes e não docentes. A listagem completa das vagas e classificação dos candidatos está disponível no site da Secretaria de Educação.

A próxima etapa é a entrada de recursos, que deve ser realizada entre os dias 07 e 11 de janeiro. O resultado após avaliação será divulgado em 15 de janeiro e o início da convocação para apresentação dos documentos no dia 21. Os não docentes apresentarão os documentos em janeiro e, docentes, em fevereiro. Os concursados de 2009 que tiveram alteração de nome entre 2009 e 2019 deverão ficar atentos, pois os documentos comprobatórios deverão ser apresentados nesta etapa.

Aqueles que tiverem os documentos aprovados e forem considerados aptos nesta última etapa, farão a escolha das escolas em que pretendem atuar. A prioridade é por ordem de classificação. Os aprovados para cargos de não docentes deverão iniciar as atividades no início de fevereiro e, os docentes, no dia 11 de fevereiro, para planejamento, já que o ano letivo terá início dia 18 de fevereiro. O objetivo é que a rede municipal de ensino já possa contar com estes profissionais no início do próximo ano letivo.

Serão contratados, em regime temporário, Docentes e Não Docentes para os cargos de Professor, Auxiliar de Classe, Inspetor de Alunos, Agentes Administrativo, Auxiliar de Serviços Gerais, Secretário Escolar, Cozinheiro, Nutricionista e Motorista. Os salários são de acordo com a carga horária, podendo ser de 20, 30 ou 40 horas semanais e vão de R$ 954,00 até R$ 2.739,86.

Os docentes concursados de 2009 que ainda não foram convocados e que se inscreveram no Processo Seletivo tiveram prioridade na classificação. O cadastro de reserva terá validade de convocação para o ano letivo de 2019, podendo ser prorrogado por mais um ano letivo, a critério da Secretaria Municipal de Educação.

Mais lidas do mês